Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul TORRES

Civil pede prorrogação para conclusão do inquérito que apura morte do policial aposentado

Fábio Cezar Zortea morreu baleado por policial militar após confusão envolvendo seus filhos em 23 de agosto

Publicado em: 23.09.2021 às 18:33 Última atualização: 23.09.2021 às 18:38

A Polícia Civil solicitou à Justiça a prorrogação de prazo para conclusão do inquérito que apura as circunstâncias da morte do Policial Rodoviário Federal aposentado Fábio Cezar Zortea. A vítima morreu baleada por um policial militar após confusão envolvendo seus filhos no dia 23 de agosto. O caso ocorreu em Torres, litoral norte gaúcho.

Segundo Delegado Juliano Aguiar de Carvalho, titular da DP de Torres, o pedido é necessário devido à  pendências importantes pra conclusão do inquérito. Entre elas, segundo a Civil, estão a prova pericial das armas, duas filmagens ainda não fornecidas e a oitiva de todos policiais militares envolvidos. 

Zortea foi atingido por um tiro o peito e outro na cabeça. Os policiais militares envolvidos no caso foram afastados. A Justiça concedeu a liberdade provisória aos dois filhos da vítima: os irmãos Luca e Fabio Augusto Zortea, de 33 e 37 anos respectivamente, haviam sido presos em flagrante ainda na noite da ocorrência.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.