Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Vistoria

Em passagem pelo RS, ministro da Infraestrutura visita obra da ponte do Rio dos Sinos

Tarcísio Gomes de Freitas chegou a São Leopoldo no início da tarde desta sexta-feira para fazer uma visita técnica. Ministro foi recebido por prefeitos da região

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 09.07.2021 às 12:40 Última atualização: 09.07.2021 às 13:33

Em passagem pelo Rio Grande do Sul, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, faz uma visita técnica à obra de duplicação da ponte do Rio dos Sinos. Ele chegou a São Leopoldo às 12h30 desta sexta-feira (9) e foi recebido por prefeitos da região. A agenda, que durou aproximadamente 30 minutos, ocorreu na altura do quilômetro 245 da BR-116.

Em entrevista à imprensa, o ministro garantiu o aporte de recursos para evitar a paralisação da obra. "A gente vai paulatinamente importando recurso à medida que as obras vão avançando. A gente teve um aporte muito grande da bancada federal do RS, só da bancada tem R$ 21 milhões aqui, e a gente está fazendo suplementação de recursos para que obra não pare, tenha sempre fôlego", garantiu.

Em passagem pelo RS, ministro da Infraestrutura visita obra da ponte do Rio dos Sinos Foto: Priscila Carvalho/GES-Especial

A Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), presidida pelo prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, aproveitou a viagem do ministro pelo Estado para entregar um documento solicitando a ampliação de recursos da União para obras de infraestrutura na região.

Participaram do encontro, além do prefeito da capital, o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, o vice-prefeito de Esteio, Jaime da Rosa, e o deputado federal Marcel van Hattem.

Por volta das 13 horas, o ministro deixou o município do Vale do Sinos e seguiu para Caxias do Sul, onde se junta à comitiva do presidente Jair Bolsonaro.

Tarcísio Gomes de Freitas chegou a São Leopoldo no início da tarde desta sexta-feira para fazer visita técnica Foto: Priscila Carvalho/GES-Especial

Recursos para viaduto da Scharlau

Antes da visita à ponte, o ministro recebeu, às 10 horas, a medalha do Mérito Farroupilha, em Porto Alegre - maior distinção do parlamento gaúcho, entregue a personalidades que contribuíram de forma significativa para o Estado. A honraria foi entregue ao carioca pelo deputado estadual tenente-coronel Zucco em cerimônia na Assembleia Legislativa.

Na ocasião, o ministro prometeu dar continuidade às melhorias na região do Vale do Sinos. "Nós iremos ver agora, saindo daqui, vai ser a primeira obra que eu vou visitar como gaúcho, vai ser a ponte do Rio dos Sinos. Vamos ver lá essa duplicação, que vai eliminar um gargalo grande na 166, e não vai parar por aí, daqui a pouco, vem o viaduto do Bairro Scharlau, vamos continuar fazendo as melhorias", adiantou Freitas.

A obra

A obra de duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos, em São Leopoldo, teve início em março deste ano. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), das quatro estruturas que serão erguidas, as duas sobre o canal principal do Sinos estão com os trabalhos em andamento. Atualmente, está sendo executada a construção das travessias do sentido capital-interior. Do lado oposto da rodovia, os serviços também avançam com a implantação dos pilares e blocos.

Conforme o Dnit, a estimativa é de que a obra seja concluída ainda no primeiro semestre de 2022. Na estrutura em obras no sentido capital-interior já foram cravadas todas as 48 estacas de sustentação e concluídos os seis blocos de fundação e os oitos pilares. As equipes da autarquia realizam, também, a execução das vigas travessas, sendo que três das quatro que irão compor a estrutura estão prontas.

Ao todo, serão construídas quatro novas pontes, paralelas às existentes, duplicando o número de faixas de trânsito de duas para quatro por pista na BR116. Serão duas ligações sobre o canal principal e outras duas na várzea do rio.

Este ponto é considerado um dos principais gargalos no tráfego do trecho metropolitano da rodovia, onde cerca de 140 mil veículos transitam diariamente. As pontes sobre o canal principal terão 100 metros de comprimento e 11,3 metros de largura, com duas novas faixas de tráfego, passeio e ciclovia.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.