Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Centro do Estado

Técnica de enfermagem é investigada por sacar aposentadoria de idosa que foi receber vacina em Arroio do Tigre

A técnica foi identificada após ser flagrada pelo sistema de videomonitoramento do banco efetuando o saque na conta da idosa

Por Carlos Rissotto
Publicado em: 14.04.2021 às 17:38 Última atualização: 14.04.2021 às 17:48

Uma técnica de enfermagem é investigada por sacar indevidamente a aposentadoria de uma idosa de 83 anos que foi até um posto de saúde receber a vacina contra Covid-19, em Arroio do Tigre, no centro do Estado. 

Segundo a delegada Graciela Foresti Chagas, a técnica foi identificada após ser flagrada pelo sistema de videomonitoramento do banco efetuando o saque na conta da idosa. A técnica subtraiu o cartão da conta da idosa ao conferir os documentos da mesma que buscava a segunda dose da vacina. A profissional informou que a data para aplicação era em maio e orientou que a idosa retornasse. 

Após se apoderar do cartão da vítima, a profissional de saúde foi até o banco realizar o saque. Nas imagens obtidas pela Polícia, a técnica, já em posse do cartão, vai até a agência bancária que fica a duas quadras do posto de saúde, saca o valor de R$1.100, correspondente a toda a aposentadoria da idosa, e retorna para o posto de saúde.

Ao perceber que estava sem o cartão a idosa também retornou ao posto de saúde e ouviu da mesma técnica de enfermagem que seu cartão não havia ficado no local. No dia seguinte, a vítima, ao consultar o saldo da conta, percebeu que toda a sua aposentadoria havia sido sacada e se dirigiu até a delegacia para registrar um boletim de ocorrência. A idosa esclareceu que portava o cartão e a senha juntos.

A Polícia Civil cumpriu nesta terça-feira (13) mandados de busca no posto de saúde do município e na residência da profissional de saúde. Nas buscas, no entanto, o cartão da idosa não foi encontrado.






Policiais presenciaram a cena

Segundo a delegada Graciela Foresti Chagas, policiais civis recebiam a vacina contra Covid-19 quando presenciaram a aposentada retornar ao posto e questionar a técnica de enfermagem sobre o cartão. Mesmo na presença dos policiais, a profissional de saúde negou ter ficado com o objeto.

Técnica foi afastada

A partir dos relatos da vítima, a delegada Graciela Foresti Chagas instaurou um inquérito para apurar o fato. Segundo ela, a profissional foi afastada de suas funções pela prefeitura do município até a conclusão das investigações. A acusada vai responder em liberdade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.