Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Erechim

Soldado da BM morre atropelado durante abordagem no norte do Estado

Jlhonatan Grendene Caverzan Maximovitz tinha 28 anos e estava lotado no 13ºBPM

Publicado em: 07.03.2021 às 18:44 Última atualização: 07.03.2021 às 18:51

Um soldado da Brigada Militar morreu no último sábado (6) vítima de atropelamento durante uma abordagem da Polícia na cidade de Erechim, região norte do Estado. De acordo com o comunicado da Brigada Militar, Jlhonatan Grendene Caverzan Maximovitz, de 28 anos, estava em serviço, quando na tentativa de abordagem a um veículo, onde os ocupantes buscavam arremessar objetos para o interior do Presídio de Erechim, foi atropelado. O militar foi socorrido para atendimento, mas não resistiu aos ferimentos.

O Soldado Maximovitz atuava na Brigada Militar desde 2016 e estava lotado no 13ºBPM. Ele deixa a esposa.

Pelas redes sociais, o governador Eduardo Leite lamentou a morte do militar. " Meus sentimentos à família brigadiana e à família do Jlhonatan, que levou ao extremo o juramento de defender a sociedade gaúcha com a própria vida. Os criminosos não ficarão impunes", disse o governador.

Em novembro de 2019, a soldado Marciele Renata dos Santos Alves, também de 28 anos, morreu atropelada em um confronto entre a Brigada Militar e criminosos no município de Sério, no Vale do Taquari. Ela era natural de Cachoeira do Sul, mas estava lotada no Pelotão de Operações Especiais de Santa Cruz do Sul.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.