Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Pandemia

Lares de idosos registram mais da metade dos surtos de Covid no Estado

Em Gramado, nove moradores de um residencial morreram por coronavírus

Por Micheli Aguiar
Publicado em: 17.09.2020 às 15:02 Última atualização: 17.09.2020 às 18:38

O número de surtos de Covid-19 em investigação no Rio Grande do Sul saltou de 177 para 185, na comparação entre as semanas encerradas em 6 e 13 de setembro. De acordo com Secretaria Estadual da Saúde (SES), este é o maior número desde o início da pandemia. Ao menos 108 pessoas morreram e 6.958 foram expostas ao vírus nos ambientes dos surtos*.

As Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) são as com mais surtos notificados, com 50,45% dos casos em acompanhamento pelo Estado. Segundo a SES, dos 442 surtos em todo este ano, 223 ocorreram em lares de idosos.

Um dos casos mais emblemáticos e considerado surto ativo é acompanhado em Gramado, no Santa Ana Residencial Geriátrico. O problema foi identificado no dia 3 de setembro, quando 21 dos 30 idosos atendidos testaram positivo para Covid. Até esta quinta-feira (17), nove idosos haviam morrido em razão do vírus.

De acordo com a SES, 86% dos idosos internados têm alguma comorbidade, o que eleva a chance de óbito na faixa etária acima dos 60 anos. Hipertensão e diabetes são duas das principais doenças associadas.

*Segundo a SES, é considerado surto toda ocorrência de pelo menos dois casos suspeitos ou confirmados em ambientes de longa permanência, como lar de idosos, hospitais, frigoríficos, por exemplo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.