Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Vítima de feminicídio

Gaúcha de 33 anos é morta a facadas em Sydney, na Austrália

Daiane Pelegrini era natural de Lajeado e estava na Austrália desde 2016

Publicado em: 04.08.2020 às 11:46

Daiane Pelegrini era natural de Lajeado e tinha 33 anos Foto: Facebook/Reprodução

Uma mulher gaúcha, de 33 anos, foi morta em Sydney, na Austrália, nesta segunda-feira (3). De acordo com o jornal Daily Mail, a brasileira foi esfaqueada até a morte no Oeste da cidade. A Polícia cogita que ela foi atacada por um ex-amante.

Segundo o Grupo Independente, Daiane Pelegrini era natural de Lajeado e tinha uma filha de 8 anos com Marcelo Antunes de Ataíde. Ela foi encontrada com ferimentos graves em um apartamento na Ingleby Street, no bairro de Oatlands, por volta das 16 horas de ontem (horário local).

Ela foi levada às pressas para o Hospital Westmead em estado crítico, mas não resistiu e morreu. Conforme o Daily Mail, um homem de 25 anos, conhecido de Daiane, foi preso no local e levado à delegacia de Granville. Outro homem, também conhecido da vítima, foi tratado nas proximidades com ferimentos.

Autoridades atenderam o crime por volta das 16 horas (horário local) Foto: Daily Mail/reprodução

A gaúcha, que se mudou para a Austrália com o ex-marido no final de 2016, teria sido esfaqueada quando chegou em casa com o namorado. A Polícia acredita que o homem que foi preso possa auxiliar Polícia em suas investigações. Além disso, a investigação trabalha com a hipótese de que ele tenha se relacionado com Daiane antes da separação recente.

Ela estava fazendo um bacharelado em Enfermagem na Western Sydney University e, no ano passado, escreveu no Facebook que havia "esperado muito tempo" para iniciar os estudos. Marcelo, pai da dilha de Daiane, disse aos policiais que a ex-companheira se queixava de um homem que a perseguia.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.