Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região QUARTO DIA DE BUSCAS

'Foi a primeira vez dele em um rio', diz mãe de adolescente que desapareceu em Canoas

Pedro Lucas da Luz Nascimento, 16 anos, é procurado desde o último domingo (24), quando mergulhou no Rio Gravataí

Por Juliano Piasentin
Publicado em: 28.07.2022 às 11:18 Última atualização: 28.07.2022 às 18:07

O Corpo de Bombeiros deu início, na manhã desta quinta-feira (28), ao quarto dia de buscas pelo adolescente Pedro Lucas da Luz Nascimento, 16 anos, que desapareceu no último domingo, no Rio Gravataí, em Canoas. Equipes seguem procurando pelo jovem na região do bairro Niterói, onde ele teria sido visto pela última vez por amigos que o acompanhavam. "Os bombeiros estão sendo muito atenciosos, são incansáveis", define a mãe do jovem, Camila da Luz.

Família de adolescente acompanha buscas no Rio Gravataí
Família de adolescente acompanha buscas no Rio Gravataí Foto: Raquel Kothe/GES-Especial
Ela conta que vai todos os dias ao local onde as buscas são feitas e que a família volta para casa apenas ao anoitecer. Sobre o desaparecimento do filho, Camila comenta que Pedro não tinha costume de entrar em rios. "Foi a primeira vez dele em um rio. Quem vem de fora e não conhece o local acaba se arriscando mais, é muito perigoso."

O secretário adjunto da Defesa Civil de Canoas, Igor Souza, explica que a área onde o adolescente mergulhou é um canal, com circulação de navios de grande porte. "Onde encosta o navio, a área é muito profunda, além da força da correnteza que vem da direção de Gravataí", observa. O secretário faz um apelo aos moradores da região para que tenham cuidado e evitem nadar em locais considerados impróprios para banho.

"Estamos preparando novas placas de alerta para locais impróprios para banho ou com risco de afogamento no município. A prática já existia, no entanto, muitas delas foram retiradas pela população", justifica.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.