Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região ATENÇÃO, USUÁRIOS

Trens circulam com atraso nos embarques pelo 2º dia entre as estações Sapucaia e Unisinos

Na quinta-feira, o Trensurb também operou com velocidade reduzida no trecho por causa do furto de cabos

Publicado em: 08.04.2022 às 07:10 Última atualização: 08.04.2022 às 12:02

Os trens circulam com atraso nos embarques entre as estações Sapucaia e Unisinos nesta sexta-feira (8) pelo segundo dia seguido por conta do furto de cabos de ontem. A ação dos criminosos na quinta-feira afetou a operação do Trensurb, motivo da velocidade reduzida dos veículos. Este é o terceiro ataque à rede de energia dos trens este ano, segundo a empresa.

A Trensurb informa que, nesta manhã, o intervalo aproximado entre os trens era de 12 minutos no trecho às 12 horas.

Segundo a Trensurb, a substituição de cabos só pode ser feita à noite, quando o sistema está sem energia. A previsão é que o serviço seja concluído no final de semana.

Furto de cabos

Esta é a terceira ocorrência de furto de cabos em 2021. Há menos de dez dias, em 30 de março, criminosos haviam furtado fiação dos trens em Esteio.

Levantamento da Trensurb mostra que o primeiro ataque do ano aconteceu no dia 12 de janeiro, quando o serviço foi interrompido por 1h15.

Outros números

Entre 2019 e 2021, o maior número de ocorrências envolvendo vandalismo e furto de cabos e equipamentos foi registrado no ano passado. O total de ataques foi de 51, quando foram furtados 780 metros de fiação, prejuízo estimado em R$ 170.820, com material e mão de obra.

Em 2020, houve queda nos registros, com apenas nove casos. Já em 2019, foram 45 ataques, mas o prejuízo foi maior: foram furtados 974 metros de cabos e a perda chegou a R$ 213.300.

Na comparação com os últimos cinco anos, o recorde foi em 2018, quando houve 83 ataques. Na época, foram furtados 1.792 metros de cabos, um prejuízo avaliado de R$ 395.640.

Os gastos com as ocorrências em 5 anos e 3 meses, segundo a Trensurb, foram de R$ 1.088.820.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.