Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região AÇÚDES E CISTERNAS

Programa estadual destinará R$ 275,9 milhões para recuperar agricultura gaúcha da seca

Secretaria da Agricultura do RS faz esforço para atender a demanda dos produtores rurais que registraram perdas por conta da estiagem

Publicado em: 22.02.2022 às 08:00 Última atualização: 22.02.2022 às 15:31

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Rio Grande do Sul tem concentrado esforços para agilizar a tramitação do Avançar na Agropecuária e no Desenvolvimento Rural e beneficiar os produtores rurais, em meio a uma das estiagens mais severas das últimas décadas.

A Secretaria repassará valor correspondente à escavação de, em média, 10 microaçudes por município
A Secretaria repassará valor correspondente à escavação de, em média, 10 microaçudes por município Foto: Divulgação/Seapdr
Ao todo, o programa destinará R$ 275,9 milhões ao campo gaúcho em 2022. Este valor é o dobro do que foi investido pelo Estado no setor nos últimos 10 anos.

Para agilizar os trâmites administrativos de ações de enfrentamento à estiagem em municípios que se encontram em situação de emergência, no último dia 10 de fevereiro, o governador Eduardo Leite criou, por meio de Ordem de Serviço, uma força-tarefa no âmbito da Secretaria da Agricultura.

Esforço

A força-tarefa vem para acelerar o processo de assinatura de convênios entre a Seapdr e municípios para o repasse de recursos que viabilizarão a escavação de 6.025 microaçudes no Rio Grande do Sul. Ainda neste mês, estes convênios serão assinados, garantindo o repasse do valor correspondente à escavação de, em média, 10 microaçudes por município.

Poços artesianos

A Secretaria da Agricultura também obteve parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) autorizando a contratação emergencial da perfuração de 750 poços artesianos e respectivas caixas d'água, além de 500 conjuntos de cisternas.

Os termos de referência que embasarão estas contratações estão em fase final de ajustes. A Secretaria da Agricultura estima que, ainda em março, promoverá as contratações.

Todos os trabalhos de instalação de cisternas serão executados a partir de projetos elaborados pela Emater/RS-Ascar, beneficiando pequenas propriedades rurais.

Os locais de perfuração dos poços serão apontados tecnicamente pela Emater em conjunto com o Departamento de Infraestrutura e Usos Múltiplos da Água (Dinfra), da Seapdr, a partir de dados geológicos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.