Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região BALANÇA NO POSITIVO

Região criou 2,6 mil novos postos de trabalho em setembro; confira os números

Das dez cidades avaliadas, Novo Hamburgo lidera o ranking, com 697 novos empregos formais e é seguida por Parobé, que teve recuperação expressiva

Por Suélen Schaumloeffel
Publicado em: 26.10.2021 às 22:33 Última atualização: 27.10.2021 às 22:41

Assim como o que foi observado no Brasil e no Rio Grande do Sul, a balança da geração de empregos teve resultado positivo na região, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (26) pelo Ministério do Trabalho e Previdência. No levantamento realizado pela reportagem do Jornal NH, que avaliou os resultados de dez municípios da região, foram criadas 2.650 vagas de emprego formal e o acumulado do ano tem 19.090 postos de trabalho.

Dados do Caged
Dados do Caged Foto: Agência Brasília
O destaque da região fica, mais uma vez, com Novo Hamburgo, que criou 697 empregos. O resultados coloca o Município mais uma vez em evidência no Estado, ocupando a segunda colocação no ranking de mais geração de trabalho, atrás apenas da capital gaúcha. Porto Alegre teve saldo positivo de 1.749 postos. Já no acumulado de 2021, a Capital Nacional do Calçado soma 8.104 novos empregos.  

No Município o setor de indústria foi responsável pela maior parte das vagas: foram 421. Em seguida aparecem os serviços, com 176 postos e o comércio, com 108. O setor de construção foi o único com desempenho negativo, tendo fechado, em setembro, oito postos de trabalho formal.

Parobé tem melhor resultado do ano

No Vale do Paranhana, Parobé aparece com uma importante recuperação. No levantamento, a cidade aparece como a segunda que mais gerou empregos de carteira assinada. Foram 408 novos postos. Este é o segundo melhor resultado desde janeiros de 2020. Apenas em novembro de 2020 foram criados mais empregos, quando foram preenchidas 668 vagas. 

O setor da indústria foi o responsável pela guinada nos números de Parobé, com 313 postos de trabalho a mais. O segmento de construção vem logo em seguida, com 80 empregos de carteira assinada a mais. O comércio teve 18 empregos a mais no mês avaliado e o setor de serviços não conseguiu acompanhar a tendência de melhora, fechando três postos de trabalho.

O prefeito de Parobé, Diego Picucha, fala da satisfação de poder celebrar esse saldo positivo. "Nós, como Administração, temos trabalhado arduamente para gerar emprego e renda, dedicando-nos a elaborar e pôr em prática diversas politicas públicas de desenvolvimento social e econômico no município. Exemplo disso, são os cursos gratuitos que estão sendo ministrados no Centro Municipal de Capacitação Profissional de Parobé, que iniciaram nesta segunda-feira, em uma iniciativa promovida pela Prefeitura, por meio de uma parceria entre as secretarias de Assistência Social e de Desenvolvimento Econômico e do Sebrae, e que atenderão, neste primeiro momento, cerca de 200 moradores. Da mesma forma, seguimos investindo na construção do nosso primeiro Distrito Industrial para fortalecer os empreendimentos na cidade”, pontua.

Os números na região

Sapiranga é outro município que teve bons números em setembro. O saldo entre admissões e demissões foi positivo: com 353 empregos a mais. Em seguida aparece Campo Bom, com saldo positivo de 320 empregos, o terceiro melhor resultado do município desde janeiro.

É somente então que São Leopoldo aparece no ranking. A segunda maior cidade em população na região, teve o acréscimo de 232 empregos no mês avaliado. Confira os números das dez cidades em setembro e no acumulado em 2021:

 

Postos de trabalho caged
Postos de trabalho caged Foto: Alan Machado/GES

RS e Brasil

No mês de setembro, conforme o Caged, o Rio Grande do Sul abriu 13.836 vagas de trabalho. Ao longo do mês aconteceram 106.815 admissões e 92.979 desligamentos. Quando avaliado o desempenho do país, o total de vagas abertas foi de 313.902. Esse resultado decorreu de 1.780.161 admissões e de 1.466.259 desligamentos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.