Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região COMUNIDADE

Leopoldense conquista valor necessário para compra de nova prótese para a perna amputada

Nesta semana, a costureira Luana Maiquiara da Rosa, 32 anos, deverá ir a Porto Alegre para fazer a nova prótese

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 26.10.2021 às 14:36 Última atualização: 26.10.2021 às 14:37

Determinação, fé e o engajamento de pessoas solidárias e dispostas a fazerem o bem foram os ingredientes que trouxeram de volta os sonhos da costureira Luana Maiquiara da Rosa, 32 anos. Moradora do bairro Feitoria, em São Leopoldo, Luana buscava desde julho arrecadar valores necessários para a compra de uma nova prótese para a perna, amputada em um acidente de moto em 2009. Desde a amputação, Luana ganhava da Prefeitura a prótese que usa, a partir do joelho. Com má formação no coto, no entanto, ela vinha enfrentado dificuldades com o modelo recebido e que era trocado a cada três anos.

Luana perdeu parte da perna após acidente de moto
Luana perdeu parte da perna após acidente de moto Foto: Acervo Pessoal


Sem poder ir trabalhar, Luana decidiu, há três meses fazer uma vaquinha on-line na intenção de comprar a própria prótese, de melhor qualidade. “Ela me dará maior mobilidade e menor desgaste na coluna. Além disso, ela proporciona impulsão, retorno energético e absorção de impacto durante atividades”, explica. A meta inicial da vaquinha era de R$35 mil, primeiro valor orçado para a prótese desejada por Luana. Na semana passada a meta baixou para R$25 mil, novo preço encontrado por ela para a mesma prótese. Nesta terça-feira (26), Luana recebeu a confirmação de que havia conquistado todo o valor necessário.

“Estou muito feliz. Nesta semana mesmo já vou Porto Alegre fazer a prótese nova”, projeta. Segundo Luana, ao todo foram arrecadados R$25,8 mil. Os R$800 excedentes, ela doará para o grupo voluntário Operários do Bem, de São Leopoldo. “Assim como eu, tem muitas outras pessoas que também necessitam de ajuda”, diz. Nos planos de Luana após a adaptação com a nova prótese, além do retorno ao trabalho que tanto gosta está, também, a intenção de se tornar uma atleta paralímpica da natação, esporte que pratica. “Vou correr atrás desse outro objetivo para, quem sabe um dia, trazer uma medalha para São Leopoldo”, planeja. 

 

 

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.