Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região REAJUSTE NA GASOLINA

Encher o tanque de um carro popular já custa um quarto do salário mínimo no Vale do Sinos

Após novo reajuste, preço médio do litro da gasolina comum está em R$ 6,61 em Novo Hamburgo

Publicado em: 26.10.2021 às 20:46

Encher o tanque de um carro popular como o Onix, o modelo mais vendido no Brasil nos últimos anos, já custa um quarto do salário mínimo no Vale do Sinos. O mínimo nacional está em R$ 1,1 mil e serve de referência para quando o assunto é economia doméstica. A comparação ajuda a traduzir o expressivo aumento no custo de vida nos últimos meses. A inflação de outubro no País já é a maior para o mês desde 1995, segundo o IPCA-15.

A conta considera a capacidade de 44 litros do tanque de um Onix 1.0 e os novos preços da gasolina, em vigor no País desde esta terça-feira (26). Em Novo Hamburgo o preço médio do litro, segundo apurou levantamento do Jornal NH, está em R$ 6,61. Ou seja: completar o tanque de um Onix custaria R$ 290,84, o equivalente a 26,4% do mínimo nacional.

Após novo reajuste, preço médio do litro da gasolina comum está em R$ 6,61 em Novo Hamburgo
Após novo reajuste, preço médio do litro da gasolina comum está em R$ 6,61 em Novo Hamburgo Foto: PAULO PIRES/GES

Nesta terça-feira (26), a reportagem do Jornal NH passou por nove postos de combustíveis de Novo Hamburgo e constatou ampla variação de preços. Ainda pela manhã o menor valor encontrado era R$ 6,299 pelo litro da gasolina comum em um posto na Rua General Daltro Filho, praticamente 44 centavos a menos do que os R$ 6,739 em um posto na esquina da Frederico Linck com a Avenida Nações Unidas.

E o que parece ruim é ainda pior em outras cidades da região metropolitana e do Estado. A Capital Nacional do Calçado está longe de ter a gasolina mais cara do Estado. Em Canoas, por exemplo, o litro já encostou nos R$ 7,00. Já em Bagé, antes mesmo do aumento anunciado nesta segunda-feira (25), o valor médio do litro da gasolina estava em R$ 7,22, enquanto Novo Hamburgo registrava R$ 6,33. Com o reajuste, o litro da gasolina comum saltou para R$ 7,89 na cidade da Campanha.

Reajuste

Um dia após a Petrobras anunciar os aumentos no preço da gasolina e do diesel nas refinarias, na região, o valor da gasolina comum teve uma variação de cerca de 30 centavos.

Assim que o reajuste foi divulgado, na segunda-feira (25), os postos de combustíveis registraram uma movimentação além do habitual, de motoristas que tentavam garantir o abastecimento do carro antes do novo acréscimo. No entanto, nesta terça-feira, já com o novo valor em vigor, a procura por gasolina foi dentro da normalidade, conforme o relato de frentistas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.