Publicidade
Notícias | Região Em visita à ponte do Rio dos Sinos

Ministro da Infraestrutura estima andamento do projeto de extensão da BR-448 para 2022

Em visita à obra de duplicação da ponte do Rio do Sinos, Tarcísio Gomes de Freitas disse que projeto de engenharia da extensão da BR-448 até a RS-240, em Portão, deve iniciar no ano que vem

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 09.07.2021 às 15:34 Última atualização: 09.07.2021 às 16:54

Durante visita à obra de duplicação da ponte do Rio dos Sinos, em São Leopoldo, no início da tarde desta sexta-feira (9), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, falou sobre o andamento do projeto de extensão da rodovia BR-448 até a RS-240, no município de Portão. A obra, que teria um percurso de 18,7 quilômetros, é taxada como fundamental para desafogar o trânsito da BR-116, facilitando a ligação entre Serra, Vale do Caí e a capital gaúcha, e conta com a mobilização de lideranças empresariais, políticas e da comunidade da região.

Ministro Tarcísio Gomes de Freitas chegou a São Leopoldo às 12h30 Foto: Inezio Machado/GES

Freitas confirmou que o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA) da obra já está pronto. “Esse estudo apontou a viabilidade da extensão, então, o próximo passo agora é contratar o projeto de engenharia. E é bom porque a gente vai fazendo o projeto de engenharia e vai ganhando tempo, ganhando cronograma, pra ver se a gente consegue ter, lá na frente, um horizonte fiscal melhor pra que se possa fazer essa obra”, disse o ministro, estimando que as próximas ações devem ocorrer em 2022.

“A ideia é fazer a contratação do projeto, de repente, já no ano que vem, e aí a gente vai ter o tempo de execução do projeto, que deve levar um ano, um ano e meio. E, a partir daí, vamos ter uma noção exata do orçamento, das intervenções necessárias e a gente vai poder pensar na contratação da obra”, completou.

Medalha 

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas fez uma visita técnica à obra de duplicação da ponte do Rio dos Sinos, chegando ao ponto, no km 245 da BR-116, às 12h30 desta sexta-feira, e sendo recebido por prefeitos e lideranças políticas da região.

Antes, na Assembleia Legislativa do Estado, em Porto Alegre, ele recebeu a medalha do Mérito Farroupilha – maior distinção do parlamento gaúcho –, entregue a personalidades que contribuíram de forma significativa para o Rio Grande do Sul. A honraria foi entregue ao carioca pelo deputado estadual tenente-coronel Zucco, que também acompanhou a visita à ponte em São Leopoldo e seguiu com a comitiva do ministro para Caxias do Sul.

Carta da Granpal pede aporte de recursos

A agenda no município capilé durou, aproximadamente, 30 minutos. Em entrevista à imprensa, o ministro garantiu o aporte de recursos para evitar a paralisação da obra de duplicação da ponte. A Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), presidida pelo prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, aproveitou a passagem do ministro pelo local para entregar uma carta, solicitando a ampliação de recursos da União para as obras de infraestrutura em trechos da BR-116 na região.

Ministro recebeu carta de prefeitos integrantes da Granpal, durante visita às obras da ponte do Rio dos Sinos Foto: Inezio Machado/GES

No documento, a Granpal frisa que há previsão de investimento de R$ 692 milhões do governo federal para o trecho, tem tráfego médio de 140 mil veículos/dia na via, cujos congestionamentos geram prejuízo de R$ 2,6 milhões por hora. “Aproximadamente 40% dos veículos que trafegam transportam carga. No entanto, o DNIT possui orçado apenas R$ 98 milhões, tendo uma necessidade de R$ 598 milhões”, traz o texto da carta.

Participaram do encontro, além do prefeito da capital, o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, o vice-prefeito de Esteio, Jaime da Rosa, a vice-prefeita de Sapucaia do Sul, Imília de Souza, o deputado estadual Vilmar Loureço, o deputado federal Marcel van Hattem e o superintendente regional do Dnit, Delmar Pellegrini Filho. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.