Publicidade
Notícias | Região Sapiranga

Tradição para ser curtida com festejos farroupilhas a distância

De forma remota, estudantes realizam atividades, como lives, ao longo da semana voltadas ao 20 de Setembro

Por Bruna Mattana
Publicado em: 18.09.2020 às 03:00 Última atualização: 18.09.2020 às 10:44

Semana Farroupilha,Gauchinho ,Nova Hartz. Foto: Inézio Machado/GES/Inezio Machado/GES

Para não perder a essência do tradicionalismo, tão cultuado em nosso Estado, as escolas da região adaptaram suas atividades alusivas ao 20 de Setembro. O tradicional Entardecer Farroupilha da Escola Duque de Caxias, de Sapiranga, não deixou de acontecer, mesmo em meio à pandemia. De forma remota, as famílias se reuniram ontem para celebrar a data.

"O Entardecer é um momento no qual as crianças, anualmente, apresentam algo relacionado aos festejos farroupilha. Esse ano, cada turma gravou um vídeo com a família e nós transmitimos de forma on-line", conta a coordenadora pedagógica, Roselane Stuker.

Ela destaca que, ao longo da semana, os alunos aprenderam a fazer chimarrão, gravaram vídeos com suas famílias mostrando como fazem churrasco, laçando vaca parada e vestiram as indumentárias gaúchas. "Reunimos todos esses vídeos e apresentamos no entardecer. As professoras foram conduzindo a live de forma cênica."

Movimento

Segundo o professor, 20 de setembro de 1835 foi a data em que o general Neto declara a república riograndense e inicia o movimento separatista do Estado. "O Brasil estava na época da Regência, quando Dom Pedro I já havia abdicado e Dom Pedro II ainda era menor de idade", salienta.

Com a vitória de Duque de Caxias, há reinserção do Rio Grande do Sul no Império. "Quando o Brasil se torna uma República em 1889 e, especialmente, com o centenário da Revolução em 1935, quando o Brasil era governado por Getúlio Vargas, começa a haver um resgate do passado farroupilha e o desenvolvimento do tradicionalismo no Estado", pontua o professor de História.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.