Publicidade
Notícias | Região Solidariedade

Marmitas, doação e solidariedade

Projeto Fazer o Bem reúne amigos na cozinha para entregar refeições a moradores de rua

Por Laira Souza
Última atualização: 30.06.2020 às 11:47

Refeições são entregues para moradores de rua Foto: Fernando Lopes/GES
Um prato de sopa bem quentinha, com muitas verduras e legumes, para aquecer o corpo e a alma. Ou uma marmita com arroz, feijão, legumes e carne. Este é o cardápio do projeto Fazer o Bem, que distribui refeições para pessoas que vivem em situação de rua em Canoas. Pelo menos uma vez na semana, o grupo de amigos liderado pelo voluntário Jorge Silva percorre os bairros da cidade entregando um prato de comida para pessoas em situação de vulnerabilidade social. São cerca de cem refeições entregues por semana.

Jorge explica que há 20 anos realiza ações como esta que, em tempos de pandemia e com a chegada do frio, estão sendo intensificadas. Para entregar as refeições ele conta com o apoio de uma equipe da qual fazem parte a esposa, o enteado e muitos amigos. Todos os ingredientes para o preparo das refeições são adquiridos através de doações de pessoas da comunidade e também de produtores da Ceasa. O preparo é feito pelos próprios voluntários, na casa de Jorge, ou na residência de um dos amigos.

O voluntário conta que muitas pessoas que estão nas ruas já conhecem o projeto Fazer o Bem e ficam aguardando a refeição que, em muitos casos, é a única do dia.

Geralmente as marmitas são entregues nas noites de quarta-feira. Segundo Jorge, a entrega da comida às pessoas é muito gratificante. "Esses dias acordei um senhor para lhe dar a refeição. Ele disse que não tinha comido ainda e estava dormindo para esquecer a fome. Saber que ajudamos é muito recompensador", diz.

Quem quiser ajudar o projeto Fazer o Bem doando alimentos pode entrar em contato pelo telefone (51) 982248665. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.