Publicidade
Notícias | Região Transporte

Não haverá nova paralisação de ônibus em Canoas, pelo menos até quinta-feira

Quem garante é o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Nunes. Nesta terça-feira (12), ele confirmou que uma videoconferência coordenada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) pode mudar, ainda nesta semana, a trégua entre trabalhadores e a empresa Sogal

Última atualização: 12.05.2020 às 18:37

Movimento dos coletivos nas paradas é normal nesta terça-feira (12) Foto: PAULO PIRES
Faltou ônibus durante uma hora, na tarde desta segunda-feira (11), nas paradas de Canoas. O movimento puxado pelo Sindicato dos Rodoviários parte da falta de pagamento do plano de saúde dos trabalhadores, que estaria atrasado. Por esta razão, entre as 17 e 18 horas desta segunda, os funcionários cruzaram os braços. Só que isso não deve voltar a acontecer. "Foi mais um susto", explica o presidente do Sindicato, Marcelo Nunes. Bom, pelo menos até a tarde de quinta-feira (14).

É que de acordo com o líder da categoria, a população pode até ficar tranquila que não vão ocorrer novas paradas. Na quinta, entretanto, acontece uma videoconferência entre as partes coordenada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT). "Será quando tudo vai ser decidido", avisa. "Dependendo o que acontecer, então, sim, os trabalhadores podem voltar a paralisar as atividades na cidade", explica.

Ainda não houve retorno da Sogal sobre o assunto até o fechamento desta reportagem, contudo informações passadas não oficialmente davam conta que o problema estava bem encaminhado para uma solução.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.