Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Região

Prevenção ao coronavírus: Esteio adota processo de sanitização em espaços públicos

O processo adotado na cidade é o mesmo que parte da Europa está realizando e que a China adotou para combater o vírus

Última atualização: 24.03.2020 às 08:24

O processo adotado na cidade é o mesmo que parte da Europa está realizando e que a China adotou para combater o vírus Foto: Gabriel Rodzinski/Divulgação PME
A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) começou na tarde desta segunda-feira (23) o processo de sanitização de diferentes espaços públicos como forma de prevenção a diferentes fungos, bactérias e vírus causadores de doenças, entre eles o covid-19 (coronavírus). O processo adotado em Esteio é o mesmo que parte da Europa está realizando e que a China adotou para combater o vírus. O primeiro local a receber a ação foi o entorno da Unidade Básica de Saúde (UBS) Planalto.

O produto, que não faz mal à saúde, está sendo doado pela Ecoambiental, de Esteio, empresa que também cedeu o caminhão hidrojato de alta pressão necessário para a pulverização da solução sanitizante.

O objetivo da sanitização é diminuir a circulação de microrganismos críticos para saúde pública. O sanitizante é formulado especialmente para higienização e desinfecção de locais e superfícies com potencialidade de contaminação do Covid-19. Entornos das unidades de saúde, do hospital, da estação do trem, de supermercados e de farmácias, entre outros locais, receberão a sanitização nos próximos dias.

Medidas necessárias
Desde que os casos de coronavírus começaram a ser confirmados no Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Esteio já publicou cinco decretos com medidas para diminuir o contágio do covid-19. A proposta central de cada um deles é reduzir a circulação de pessoas pela cidade, o que ajuda a diminuir o contágio pela doença.

O decreto mais impactante, o 6.548/2020, publicado na sexta-feira (20), suspende atividades de comércio e serviço não essenciais e restringem a circulação na cidade. As novas providências se somam às dos quatro decretos editados anteriormente pelo prefeito ao longo desta semana, divulgando iniciativas para evitar a propagação do coronavírus.

No último dia 16 de março, o decreto nº 6.535 criou um comitê para acompanhamento da endemia e as primeiras iniciativas, as quais foram ampliadas com o decreto 6.536, do dia 17. No fim da tarde do dia 18, outros dois textos foram publicados: os decretos 6.538, com a suspensão de atividades presenciais não essenciais na Prefeitura, e o 6.539, com medidas para restringir a circulação de pessoas na cidade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.