Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Alerta

Brigada Militar incentiva estudantes a não participarem de brincadeira perigosa

15º Batalhão convida escolas a gravarem vídeos mostrando que a "quebra crânios" pode provocar ferimentos graves

Por Bruna Aquino
Última atualização: 13.02.2020 às 10:19

O comando do 15° Batalhão de Polícia Militar, com abrangência sobre os municípios de Canoas e Nova Santa Rita, alerta para os perigos da brincadeira que viralizou nas redes sociais neste início de ano letivo. Trata-se da "quebra-crânios", também apelidada de roleta humana, que consiste em derrubar um amigo no chão. Três crianças ou jovens combinam de pular ao mesmo tempo, mas apenas o do meio pula e é neste momento que os alunos das pontas tentam dar uma rasteira. Há relatos de estudantes que se feriram gravemente e até uma morte - uma estudante de 16 anos que sofreu traumatismo craniano e não resistiu.

Pensando nos perigos da brincadeira, a Brigada Militar lançou um desafio para as escolas de Canoas e Nova Santa Rita: produzir um vídeo alertando aos estudantes que este tipo de brincadeira não é saudável e não deve ocorrer nas escolas desses municípios. A iniciativa é inspirada em um vídeo da escola Batista, do Distrito Federal (veja aqui).

"Façam o vídeo indicando o nome da escola, um por série. As escolas que postarem e enviarem para nós ganharão uma apresentação do Canil do 15°BPM", afirma a corporação. O vídeo deve ser enviado para o WhatsApp da Comunicação Social do 15º BPM: 98453-0898.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.