Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Paralisação

Policiais civis farão greve caso pacote de Leite seja votado na próxima terça

Decisão foi tomada em assembleia da categoria realizada ao ar livre durante protestos em Porto Alegre

Última atualização: 10.12.2019 às 20:39

Manifestantes se protestaram contra pacote do governador Foto: Reprodução / Ugeirm Sindicato
Os policiais civis do Rio Grande do Sul entrarão em greve a partir da próxima segunda-feira (16) por tempo indeterminado caso a Assembleia Legislativa confirme a votação, no dia seguinte, do pacote de medidas que altera o plano de carreira do funcionalismo estadual. A proposta do governo Eduardo Leite (PSDB) é duramente criticada pelos servidores e foi o estopim para outra greve, a do magistério, que entra em sua terceira semana.

A decisão de entrar em greve a partir do dia 16 de dezembro caso não haja mudanças na tramitação do pacote foi tomada em assembleia de policiais civis realizada ao ar livre, em frente à sede da corporação,
em Porto Alegre. Sob forte calor, centenas de policiais também fizeram caminhada até o Palácio Piratini. Eles utilizaram um carro de som e levaram bonecos que representavam o governador; o vice e secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior; e os próprios policiais.

O presidente do Ugeirm Sindicato, Isaac Ortiz, destacou que a proposta do governo do Estado fragiliza a categoria. "A proteção da família dos policiais também está sendo destruída pelo projeto", destacou. Conforme o dirigente sindical, caso a greve se confirme na segunda-feira, 30% do efetivo será mantido nas delegacias para atender casos de urgência. Também ficou definido na assembleia dos agentes que nos próximos dias eles não participarão de operações.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.