Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Televisão

Entenda por que a HBO cancelou sua nova série baseada no fenômeno 'Game of Thrones'

Episódio já filmado fora descartado e programa cancelado. Nova atração baseada no passado da Casa dos Targaryen promete sexo, sangue e dragões.

Última atualização: 08.11.2019 às 08:24

Atração centrada no conflito entre humanos e os mortos-vivos do Rei da Noite cancelada Foto: HBO/DIVULGAÇÃO
Tendo curtido ou não a 8ª temporada que concluiu "Game of Thrones", uma coisa é certa, caro leitor: a série da HBO é um fenômeno como poucos na história da televisão. É por essa razão que o canal pago está investindo alto em programas ambientados no universo de Westeros criado pelo escritor americano George R. R. Martin. Até aí, tudo bem. A curiosidade foi o recente cancelamento do primeiro spin-off que o programa ganharia. A milionária produção estrelada pela australiana Naomi Watts teve o piloto filmado ao custo de aproximadamente US$ 10 milhões, segundo o Hollywood Reporter.

Porém, os executivos da HBO não gostaram do resultado e suspenderam o programa, que mostraria o primeiro lendário confronto entre humanos e os mortos-vivos comandados pelo Rei da Noite, mil anos antes dos acontecimentos da série original. E as surpresas não param por aqui. Em paralelo ao anúncio do cancelamento, a HBO também informou já ter aprovado um outro derivado de "GoT" baseado na Casa dos Targaryen. A condução da atração vai ficar como inglês Miguel Sapochnik, responsável pelos mais épicos episódios da saga, inclusive a famosa "Batalha dos Bastardos", que marcou o 6º ano. A promessa é um novo coquetel sexo, intrigas palacianas, violência e dragões.

Em tempo, vale a pena lembrar que esta não é a primeira vez que a HBO descarta um piloto de "GoT." O original de "Game of Thrones" também foi para a lixeira da emissora em 2010. Considerado uma catástrofe pelos próprios criadores David Benioff e D.B.Weiss, foi refeito e resultou no sucesso que se conhece tão bem hoje.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.