Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Novo Hamburgo

Final feliz: cachorro levado em roubo no bairro São José é resgatado e entregue à família

Ele foi encontrado perambulando nas margens da RS-239

Por Suélen Schaumloeffel
Última atualização: 11.10.2019 às 20:28

Após ser roubado e abandonado, Thor está com sua família Foto: Arquivo Pessoal/Facebook

As horas de aflição de uma família que viu seu amigo de quatro patas ser levado por uma dupla de criminosos, terminou com um final feliz. Thor, um Shih-tzu de 12 anos, foi entregue para seus donos por volta das 21h30 de quinta-feira (10), após uma família, que encontrou o cão, entrar em contato. O cão havia sido roubado na manhã do mesmo dia, quando passeava com o dono, Weber Dantas, na Rua Engenheiro Jorge Schury, no bairro São José.

ENCONTRADO NA RS-239

A família acredita que os criminosos deva ter largado o cão pouco tempo depois do assalto, pois Thor foi encontrado menos de uma hora depois de ser roubado, perambulando pelas margens da RS-239. “Uma mulher que estava levando a filha para a escola viu ele caminhando pela rua, com a coleira. Ela imaginou que ele estivesse perdido e levou para casa, para cuidar até encontrar o dono. Graças aos inúmeros compartilhamentos do fato nas redes sociais, de noite eles viram nas redes sociais que ele era o cachorro que estávamos procurando e fez contato comigo”, conta Jonathan Gomes, cunhado de Dantas.
Com a possibilidade de ser o Thor, Gomes marcou encontro com a família que resgatou o cão em frente ao condomínio onde vivem os donos. “Eu não avisei eles antes ter certeza que era ele, para evitar uma possível decepção. Quando vi que era o Thor, foi só alegria”, comemora.

O REENCONTRO E NOVA ROTINA

“Tínhamos chegado a pouco tempo em casa, quando meu cunhado tocou o interfone para nós descermos. Quando vimos que era o Thor não contivemos a alegria. Ele é parte da nossa família há 12 anos, não conseguia imaginar como seria não encontrar ele”, conta Dantas, que recebeu o cão junto com a esposa Jéssica Gomes e a filha de pouco mais de um ano. O dono explica que o cãozinho estava bem cuidado, sem ferimentos e calmo: “Agradeço a essa família que resgatou, alimentou e cuidou dele até nos encontrar”.
O medo de novos assaltos fez o dono optar em mudar o local para os passeios matinais com o amigo canino. A caminhada, que até ontem abrangia algumas ruas do bairro São José, a partir de hoje se limita ao pátio do condomínio onde a família mora. “Ele vai acostumar com uma nova rotina”, finaliza o dono.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.