Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Novo Hamburgo SOLIDARIEDADE

Campanha do Papai Noel dos Correios deve beneficiar 100 crianças de Novo Hamburgo

No Rio Grande do Sul, a campanha iniciou em oito cidades; saiba como adotar cartinhas

Por Susi Mello
Publicado em: 12.11.2021 às 03:00 Última atualização: 12.11.2021 às 09:04

Das mais de 2,5 mil cartinhas cadastradas na campanha do Papai Noel dos Correios no Estado, lançada nesta quinta-feira (11) na capital gaúcha, aproximadamente 100 são de crianças de Novo Hamburgo. Estudantes que cursam até o 5º ano do ensino fundamental e vivem em situação de vulnerabilidade social estão em busca de padrinhos que possam atender o pedido que fizeram ao bom velhinho.

Campanha de Natal dos Correios RS espera pelos padrinhos e madrinhas das cartinhas
Campanha de Natal dos Correios RS espera pelos padrinhos e madrinhas das cartinhas Foto: Correios RS/Divulgação

Devido à pandemia, a adoção dos pedidos das crianças será on-line. A entrega será na agência localizada na Avenida Pedro Adams Filho, 5156, no Centro. Assim que todos os padrinhos entregarem os presentes aos Correios, a empresa fará o encaminhamento.

No Rio Grande do Sul, a campanha iniciou em oito cidades, são elas: Porto Alegre, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Santo Ângelo. No entanto, na região somente o Município faz parte. O Correios informa que Novo Hamburgo foi escolhido por contar com unidade da empresa que tem a estrutura necessária para operacionalizar todos os processos que envolvem a campanha.

"Há mais de 30 anos, o Papai Noel dos Correios mobiliza empresa, empregados e sociedade em geral, tentando manter vivos os sonhos das crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social. Nesse contexto com tantos desafios, entendemos que todas as iniciativas solidárias são ainda mais fundamentais para renovar as nossas esperanças em tempos melhores", declara o superintendente estadual dos Correios no RS, Victor Vanir da Silveira.

A artista Ariadne Decker, autora do selo de Natal 2021, com seu filho Meik, reforça que a campanha das cartinhas é um ato de amor. "O Natal desperta o melhor nas pessoas, que ficam mais propensas a entender a dificuldade do outro e as crianças merecem ser felizes."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.