Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Novo Hamburgo FEIRA

Em formato virtual, 36ª edição da Mostratec inicia nesta terça-feira

Evento on-line, organizado pela Fundação Liberato, conta com 587 trabalhos

Por Joceline Silveira
Publicado em: 25.10.2021 às 20:54 Última atualização: 25.10.2021 às 21:25

Em sua 36ª edição, a Mostra Internacional de Inovação e Tecnologia, a Mostratec, precisou se reinventar mais uma vez diante da pandemia do novo coronavírus. Este ano, a feira, que tradicionalmente ocorre nos pavilhões da Fenac, vai ganhar as casas dos participantes, em sua segunda versão virtual.

A videoconferência de lançamento ocorre nesta terça-feira (26), às 20 horas, no canal Mostratec Oficial, no YouTube. "Chegamos à conclusão de que o formato on-line ainda é a melhor opção, levando em conta questões como o deslocamento de participantes e as escolas que seguem em funcionamento remoto", pontuou o coordenador-geral da feira, Jader Bernardes.

Mostratec virtual reúne estudantes de 17 Estados brasileiros e de outros 14 países
Mostratec virtual reúne estudantes de 17 Estados brasileiros e de outros 14 países Foto: Luis Eduardo Selbach/Fundação Liberato

Realizada pela Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo, a mostra é a maior do gênero na América Latina e reúne trabalhos de estudantes do Brasil e do mundo voltados para as áreas científicas e tecnológicas. Em 2021, os 587 projetos inscritos ganharam as salas e quartos dos estudantes. Além de representantes de 17 Estados, 14 países confirmaram presença.

O coordenador-geral da Mostratec, conta que, apesar das restrições impostas pela pandemia, a edição deste ano está maior. "Comparando a última edição presencial, quando tivemos a visita de 40 mil pessoas, com a feira do ano passado (1ª edição on-line), triplicamos o número de visitantes, passando para 130 mil e mais 10 mil após a feira. Com certeza, a mostra, que é o maior evento de jovens científicos da América Latina, se consolida a cada ano. Ela cresce tanto em números de projeto quanto em ações paralelas. Quem acompanhar essa edição, não visitará somente uma feira, mas um mix de ações", afirma Bernardes, ao lembrar que eventos integrados como o Seminário Internacional de Educação Tecnológica (Siet) e o Campeonato Internacional de Robótica a Distância (Cirdi), ocorrerão paralelamente. Distribuída em 14 áreas do conhecimento, a expectativa para o início da mostra é grande.

"Esperamos um sucesso de público e de qualidade nos trabalhos, que, por sinal, estão crescendo a cada edição", frisa o coordenador geral.

Retorno dos pequenos

Os jovens pesquisadores abordam os temas que mais impactam as suas comunidades e buscam encontrar soluções inovadoras por meio da pesquisa. Segundo o diretor-executivo da instituição, Ramon Hans, este ano estão inscritos trabalhos do ensino médio e técnico, além do retorno ao evento da educação infantil e do ensino fundamental. "A Mostratec Junior em 2020 contou apenas com oficinas. Optamos por esse formato, tendo em vista que com a pandemia os alunos do ensino médio e técnico possuíam mais autonomia para envio de materiais de forma virtual. Mas este ano eles estão de volta."

Premiação aos estudantes

A feira conta com a participação de aproximadamente 1.236 alunos e 747 professores orientadores que estão envolvidos nos 587 projetos. "Dentre eles, os quatro primeiros colocados em cada uma das 14 áreas serão premiados", explica Bernades. Ele recorda ainda que estão em disputa bolsas de universidades e a participação em outras feiras afiliadas internacionais. A live de premiação está marcada para sábado, às 18 horas, pelo YouTube.

Visite a feira sem sair de casa

Nesta edição, a visitação também foi adaptada. Ao invés de percorrer os corredores da Fenac para conferir de perto os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes, a proposta é fazer um tour virtual. No site www.virtual.mostratec.com.br estão reunidos todos os trabalhos inscritos. Ao acessar a plataforma, o "visitante" seleciona uma das 14 áreas do conhecimento e tem acesso a conteúdos desenvolvidos pelos alunos.

"Cada projeto possui uma página, ao acessá-lo o visitante terá à disposição um vídeo do trabalho, um banner como se fosse o estande na feira e um resumo da pesquisa", explica o coordenador-geral Jader Bernardes. Neste local também será possível comentar, tirar dúvidas e votar no Prêmio de Votação Popular.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.