Publicidade
Notícias | Mundo Crise política

Primeiro-ministro do Haiti declara estado de sítio após assassinato de presidente

Em estado grave, a primeira-dama Martine Moise deve ser transferida para Miami

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 07.07.2021 às 20:52 Última atualização: 07.07.2021 às 20:53

A tensão ganhou as ruas do Haiti nesta quarta-feira, 7, horas depois do assassinato do presidente Jovenel Moise, morto a tiros em sua casa na madrugada. O primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph, decretou estado de sítio de 15 dias para "assegurar a continuidade do Estado", depois de uma reunião de emergência com o conselho de ministros. Em estado grave, a primeira-dama Martine Moise deve ser transferida para Miami.

Primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph Foto: Divulgação

Temendo que a crise interna no Haiti se espalhe para a outra metade da Ilha de Hispaniola, a República Dominicana mobilizou tropas para proteger a fronteira. O Conselho de Segurança da ONU deve debater amanhã a crise na ex-colônia francesa.

"Peço que todas as forças da nação nos ajudem na batalha para manter a continuidade do Estado", disse o premiê em comunicado. Joseph garantiu que a Polícia e o Exército tem o controle do país e pediu calma à população.

No pronunciamento, o premiê ainda prometeu uma investigação sobre a morte de Moise e medidas de segurança especiais, entre eles a proibição de reuniões. O governo acredita que Moise foi alvo de um grupo de mercenários, que segundo autoridades locais, falavam espanhol, foi responsável pelo ataque.

Joseph garante estar no comando do país, mas não está claro até onde vai seu poder, nem se há risco de vácuo institucional no país, marcado por sucessivas crises políticas, desastres naturais e intervenções militares nas últimas décadas. "Vamos procurar por harmonia para que o país não colapse no caos", pediu o premiê interino, que seria substituído nos próximos dias, mas se apresentou como chefe de governo à nação.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.