Publicidade
Notícias | Mundo Astronomia

Tempestade solar atinge a Terra; fenômeno deve seguir neste domingo

Fenômeno deve trazer nas próximas horas a observação de auroras em muitas áreas próximas dos polos e que podem ser visíveis até no norte dos Estados Unidos

Publicado em: 25.04.2021 às 15:07 Última atualização: 25.04.2021 às 15:08

Tempestade solar atinge a Terra nesta noite após ejeção de massa coronal (CME) Foto: SOHO/NASA/Arquivo
Uma tempestade solar começou a atingir a Terra na noite do último sábado (24) e deve seguir neste domingo (25). Os efeitos serão percebidos em altas latitudes. De acordo com a MetSul Meteorologia, o Sol lançou uma explosão orientada na direção da Terra. Astrônomos que rastrearam a erupção disseram que o bombardeio de partículas está da tempestade solar está no sentido do nosso planeta.

As partículas do Sol foram liberadas como uma ejeção de massa coronal (CME). Uma CME é uma grande expulsão de plasma e campo magnético liberado da superfície do sol.

O alerta dos astrônomos adverte para efeitos principalmente de 55° de latitude em direção aos polos. Nestas áreas, o aviso destaca que podem ocorrer flutuações no sistema de energia elétrica e variações de voltagem. A NOAA ainda enfatiza o risco de reorientação de satélites.

A tempestade solar deve trazer nas próximas horas a observação de auroras em muitas áreas próximas dos polos e que podem ser visíveis até no norte dos Estados Unidos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.