Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Especial Coronavírus Contra a Covid-19

São Leopoldo e Sapucaia do Sul mantêm a vacinação de adolescentes sem comorbidades

Em nota publicada na noite de quarta-feira (15), o governo federal revisou a recomendação anterior, passando a indicar a vacinação apenas para adolescentes com idades entre 12 e 17 anos com comorbidades

Por Jean Peixoto
Publicado em: 16.09.2021 às 18:48 Última atualização: 16.09.2021 às 19:41

Contrariando a nota informativa publicada pelo Ministério da Saúde na noite de quarta-feira (15), a Prefeitura de São Leopoldo definiu que manterá a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com idades a partir de 17 anos sem comorbidades.

São Leopoldo e Sapucaia do Sul Mantêm a vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a Covid-19
São Leopoldo e Sapucaia do Sul Mantêm a vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a Covid-19 Foto: Diego da Rosa/GES

Em nota, a Prefeitura ressalta que “atenderá a orientação da Secretaria Estadual de Saúde de aplicar nos jovens a vacina do laboratório Pfizer, aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).” Em Sapucaia do Sul, que já vacina adolescentes a partir de 16 anos sem comorbidades, a aplicação da primeira dose também será mantida. Já a Prefeitura de Portão suspendeu a aplicação do imunizante para esta faixa etária.

Durante a tarde desta quinta-feira (16), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, elencou uma série de razões para que a vacina não seja aplicada em adolescentes sem comorbidades. Segundo ele, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados, todos de grau leve. Além disso, o óbito de um jovem foi notificado no Estado de São Paulo, embora o caso siga sob análise. O ministro também pontuou que teriam ocorrido diversos casos de prefeituras que aplicaram vacinas não autorizadas pela Anvisa.

De acordo com a assessoria de comunicação do governo do Estado, quando o Ministério da Saúde enviar nova remessa de vacinas da Pfizer para a primeira dose (D1), o Piratini avaliará o prosseguimento da campanha. Até lá, a vacinação deve continuar. O Estado também assegura que todos os adolescentes já vacinados receberão a segunda dose (D2). 

Segue a vacinação

Em São Leopoldo, a vacinação ocorre nesta sexta-feira (17), no Ginásio Celso Morbach, na Avenida Dom João Becker, e no Centro de Eventos, na Avenida São Borja, 1.860, das 9 horas às 11h30 e das 13h30 às 16 horas. A aplicação descentralizada ocorrerá na Unidade Básica de Saúde (UBS) Trensurb, na Avenida Mauá, n° 3.563 (junto à Estação Unisinos).

Nos três pontos, serão aplicadas as segundas doses do imunizante da Pfizer e CoronaVac/Butantan para a conclusão do esquema vacinal. A Pfizer, será destinada para quem recebeu a primeira dose até o dia 6 de julho e a CoronaVac/Butantan para quem completou 28 dias de intervalo da primeira dose.

Para receber a primeira dose é necessário comparecer aos locais de vacinação com documento com foto, CPF e Cartão Sus. Para a segunda dose é necessário levar cartão de vacinação e documento com foto.

Em Sapucaia do Sul, os adolescentes com idades entre 16 e 17 anos podem receber a vacina nas Unidades Básica de Saúde (UBSs) São José; Carioca; Capão da Cruz; Terra Nova e Greiss.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.