Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Piora no cenário

Vermelhou de novo: Região de Canoas fica em 4º no ranking de hospitalizações

Caso a classificação se mantenha na 30ª rodada, as aulas devem ser interrompidas. Região de Canoas, nos últimos 7 dias, teve 90 internações

Por Diário de Canoas
Publicado em: 20.11.2020 às 18:17 Última atualização: 20.11.2020 às 18:18

Foram 12 mortes por Covid em dois boletins recentes Foto: Agência Brasil
Conforme a 29ª rodada do mapa preliminar de Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (20/11) pelo governo do Rio Grande do Sul, Canoas chega a segunda bandeira amarela consecutiva. Há mais de dois meses ininterruptos, o município permaneceu na classificação de risco médio, que é calculada pela quantidade de casos relacionado com a disponibilidade de leitos na rede de saúde da cidade. Mas os últimos 15 dias foram de mudança no cenário.

CONTEÚDO ABERTO - Saiba tudo sobre o coronavírus

A bandeira vermelha, se confirmada na segunda-feira (23), terá validade de terça (24) até a segunda da semana seguinte. Com duas semanas nessa cor as aulas podem ser interrompidas na 30ª rodada.

Foram 90 internações em leitos clínicos de casos confirmados no acumulado desta semana, quando nos sete dias anteriores foram 58 pacientes. A ocupação de leitos de UTI por conta da Covid-19 também subiu: eram 37 e agora são 42 pessoas exigindo cuidados intensivos.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura do município - no dia 10 de novembro - mostrava 10.019 casos de coronavírus confirmados, sendo 8.616 recuperados. Em relação a óbitos, 333 pessoas perderam a vida em razão de complicações da Covid-10 no documento. Eram 70% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) normal ocupados e 32% dos leitos Covid-19 sendo usados.

As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (269), Caxias do Sul (137), Novo Hamburgo (97) , Canoas (90) e Passo Fundo (85).




Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.