Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Coronavírus

Piratini recebe oito recursos contra bandeira vermelha na 19ª rodada do distanciamento

Regiões de Novo Hamburgo, Canoas, Taquara e Capão da Canoa voltaram para bandeira laranja

Publicado em: 13.09.2020 às 09:56

O mapa preliminar da 19ª rodada do Distanciamento Controlado do governo do Estado recebeu, nas últimas 36 horas, oito pedidos de reconsideração por parte de municípios e de associações regionais. Divulgado na sexta-feira (11), o levantamento aponta sete regiões com bandeira vermelha (alto risco) e 14 com laranja (risco médio), entre elas a de Novo Hamburgo, Canoas, Taquara e Capão da Canoa.

Todas as solicitações são de regiões preliminarmente em vermelho que pedem a permanência em bandeira laranja.

O número de pedidos de reconsideração diminuiu consideravelmente desde que o sistema de cogestão, no qual as regiões podem adotar protocolos próprios, foi implementado. A cogestão foi adotada na 14ª rodada.

Mapa preliminar da 19ª rodada do Distanciamento Controlado e as 17 regiões em cogestão Foto: Governo do Estado

Cogestão

Até o momento, 17 regiões optaram por adotar protocolos regionais: Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado e Erechim.

A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (14), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado.

A vigência das bandeiras da 19ª rodada começa à 0h de terça-feira (15) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (21).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.