Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Especial Coronavírus Solidariedade

Hospital Centenário recebe doação de 680 pares de calçados

Os calçados entregues pelo Grupo Minuano, empresa de Lindolfo Collor, serão utilizados pelos profissionais do Hospital Centenário como parte dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIS)

Por Juliane Kerschner
Última atualização: 16.04.2020 às 14:47

O enfrentamento ao coronavírus e a equiparação das equipes médicas que vem atuando no atendimento aos pacientes com Covid-19 tem sido intenso, mas também repleto de solidariedade. Na quarta-feira (15), o Grupo Minuano, empresa de Lindolfo Collor, doou 680 pares de calçados para os profissionais da saúde do Hospital Centenário. A doação será utilizada como parte dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) dos trabalhadores da casa de saúde leopoldense.


Essa foi a segunda vez que o Grupo Minuano realizou doação aos profissionais da saúde que estão trabalhando na luta contra o coronavírus, no início de abril foram entregues calçados aos funcionários dos postos de saúde de Lindolfo Collor e Ivoti.


“Nós somos uma empresa que tem como base e alicerce, as pessoas e como valor a satisfação pessoal, a paixão e a confiança. Em um momento de calamidade pública como não usar nossos valores, por quem tanto faz por nós? Como não valorizar pessoas, que tem a paixão por fazer o bem? Entendemos que empatia é a palavra de 2020, se colocar no lugar do próximo, pensar no bem estar coletivo, fazem o bem sem olhar a quem. Acreditamos que será um ano de enormes dificuldades financeiras, mas de crescimento espiritual ímpar. Precisamos rever, valorizar, ressignificar o mundo em que vivemos e quem vive conosco”, disse Bárbara Enzweiler, membro da direção do Grupo Minuano.


A diretora da Fundação Hospital Centenário, Lilian Silva, destacou a importância da solidariedade neste momento. “Somos muito gratos à iniciativa do Grupo Minuano, e a esta grande solidariedade que estamos recebendo de diversas empresas e da comunidade em geral, que tem chegado até o Hospital de diversas formas. Esta mobilização reflete positivamente entre os funcionários que estão na linha de frente”, falou Lilian.


A diretora de enfermagem, Fabiani Oliveira afirma que o gesto de solidariedade além de tocar a equipe, será muito útil no dia a dia hospitalar. “Por serem calçados de couro, evita que caia sangue ou outro tipo de substância, então acaba sendo mais um tipo de proteção para a atuação dos profissionais. Esse momento de pandemia tem incentivado muitos gestos de solidariedade”, destaca.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.