Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Especial Coronavírus Calamidade Pública

Cobrança da Zona Azul será suspensa e comércio de São Leopoldo será fechado

Prefeito Ary Vanazzi decretou estado de calamidade pública na tarde desta sexta-feira. Texto estipula que bares, hotéis, motéis, pubs, casas noturnas, barbeiros, salões de beleza e até igrejas, independentemente da aglomeração de pessoas, não poderão abrir

Por Jean Peixoto
Última atualização: 20.03.2020 às 18:45

Prefeito Ary Vanazzi anunciou estado de calamidade pública em transmissão ao vivo na tarde desta sexta-feira Foto: Reprodução Facebook
Em uma transmissão ao vivo pelo perfil da Rádio Prefeitura no Facebook, o chefe do Executivo de São Leopoldo, Ary Vanazzi, anunciou a assinatura, na tarde desta sexta-feira (20), do decreto de situação de calamidade pública no município.

Ressaltando que em São Leopoldo não há nenhum caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19), o prefeito anunciou que a empresa Rek Parking, responsável pelo estacionamento rotativo da cidade, suspenderá a cobrança da Zona Azul, a partir deste sábado, e que todo o comércio da cidade será fechado.

Segundo o prefeito, bares, hotéis, motéis, pubs, casas noturnas, além de barbeiros e salões de beleza, independentemente da aglomeração de pessoas, não poderão abrir. Igrejas e templos estão inclusos no decreto e devem permanecer fechados. 

Farmácias, mercados, supermercados atenderão com limite de entrada de pessoas. Postos de combustíveis e de gás, lojas de peças e equipamentos também estão entre as exceções. Outro ponto ressaltado pelo prefeito é a proibição do aumento nos preços dos produtos.

Quanto aos bancos, Vanazzi comenta que serão atendidas apenas duas pessoas por vez em cada agência. Segundo o prefeito, os caixas eletrônicos vão funcionar com uma política de fiscalização da entrada.

Fronteiras abertas

Vanazzi garante que não vai fechar as fronteiras. “Tem pessoas de Esteio, de Novo Hamburgo, de Sapucaia que utilizam o nosso Hospital. Não tem porque colocar uma cerca, o que precisa é que as pessoas tenham consciência. A cerca não resolve, o que resolve é a cabeça. Eu tenho é que botar a Guarda para cuidar de quem produz álcool gel ilegal ou do restaurante que está aberto irregularmente. Temos que ganhar tempo cuidando da população.”

Segundo o prefeito, a partir de segunda-feira, vamos o atendimento do Hospital Centenário será ampliado.

Comércio que poderá abrir

Clínicas de Saúde e Veterinárias
Farmácias
Mercados, Supermercados e Hipermercados
Padarias
Postos de Combustíveis e Distribuidoras de gás
Lojas de conveniência
Loja de venda de água mineral
Agropecuárias e Pet Shops
Lavanderias
Oficinas Mecânicas
Óticas
Ferragens
Comércio de peças e equipamentos

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.