Notícias | Eleições 2020 Eleições 2020

Candidatos apresentam propostas inovadoras para Canoas e Nova Santa Rita

Afora as prioridades elencadas pelas campanhas, como saúde, educação e segurança, candidatos às Prefeituras de Canoas e Nova Santa Rita apresentam ideias de inovação para desenvolvimento dos municípios

Por Shállon Teobaldo
Publicado em: 15.10.2020 às 10:05

Faltando um mês para o dia de votações das Eleições Municipais 2020, que acontece em 15 de novembro em todo o Brasil e define prefeitos e vereadores para o mandato 2021-2024, os prefeituráveis de Canoas e Nova Santa Rita apresentam suas ideias e propostas na área de inovação para as cidades, que se destacam principalmente pelo segmento industrial. Disputando o cargo máximo do Executivo municipal, candidatos manifestam ideias relacionadas com inovação tecnológica, empreendedorismo, sustentabilidade, agricultura urbana, revitalização e novos projetos arquitetônicos em locais públicos, além de melhorias nas áreas prioritárias como saúde, educação, segurança, transporte e infraestrutura. A maioria das campanhas afirma estar focada em construção de diálogo permanente com a população, a fim de ouvir as demandas das comunidades para elaboração de propostas que atendam às suas necessidades. Canoas, além da indústria, também tem sua economia baseada em comércio e serviços e é o terceiro maior Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul. Nova Santa Rita, cidade jovem, tem atraído investimentos de grandes empresas por conta de sua localização estratégica e amplo espaço para sediar novos empreendimentos.

Quais suas propostas de inovação para o município?

Os candidatos de Canoas com o jornalista João Ávila Foto: PAULO PIRES/ges
Camilo Bornia (NOVO)
"Nosso plano sugere ideias inovadoras como o restaurante panorâmico na Praça do Avião, a unificação da cidade com a construção de um túnel na BR-116 e a revitalização do calçadão. São projetos que podem ser viabilizados com capital privado, a partir de concessões, permutas e, principalmente, com a modernização do plano diretor, redução de entraves burocráticos para quem quer investir. A prefeitura precisa dar sinais claros que desenvolvimento duradouro e sustentável se dá via mercado privado. Sob um ambiente livre, empreendedores darão soluções que nenhum gestor público será capaz de criar."

Capitão Nascimento (PSC)
"Nosso projeto visa inserir Canoas num novo patamar de desenvolvimento, baseado na inovação e empreendedorismo, aliada a uma gestão eficiente e adaptada aos novos tempos. Além das prioridades, citamos a instalação de energia solar em todos os equipamentos públicos, e para a população, através de parcerias, fundos de apoio e microcrédito. Cidade forte é cidade empreendedora. Vamos investir em incubadoras de startups e espaços de coworking para pequenos negócios. Além de ônibus, apoiaremos iniciativas de aplicativos e veículos elétricos. Gerar renda a partir da coleta seletiva, como produtos ecológicos com produção local."

César Augusto (Republicanos)
“Ouvimos a sociedade canoense para oferecer um conjunto de propostas que refletissem as vontades e o futuro esperado pelos cidadãos. Para inovar, vamos criar a farmácia solidária, onde as pessoas podem doar remédios dentro do prazo de validade, creches noturnas para mães estudantes. Além disso, queremos instalar o Centro de Acolhimento aos Excluídos, para receber pessoas que abandonadas, expulsas de casa ou desprezados por raça, crença e gênero, construir o Hospital Público Veterinário, criar um comitê paradesportivo, instalar wi-fi nas áreas públicas e criar a Secretaria Municipal de Combate à Corrupção.”

Ernani Daniel (PP)
"Nossa proposta diz respeito ao desenvolvimento da indústria náutica e hidroviária, utilizando o potencial de nossos rios para reduzirmos os custos logísticos, melhorar a mobilidade das pessoas em relação a capital e promover o esporte, lazer e turismo. Além disso, pensamos em mobilidade urbana, com ações de melhorias efetivas, como abrir um acesso diretamente para a BR-116 da Rua Guilherme Schell, desatolando a Getúlio Vargas, o estudo de uma implementação de um LVT utilizando da rede ferroviária que esta desativada, além de melhorar a mobilidade estimular a ocupação de vazios urbanos."

Jairo Jorge (PSD)
"Na saúde, vou criar um aplicativo para marcação de consultas e acompanhamento de exames, além do uso de Prontuário Digital e Telemedicina. Também pretendo inovar na Segurança, com um aplicativo para a população ajudar no Policiamento Comunitário Inteligente. Na educação, o “Educação 4.0” vai oferecer acesso universal a computadores e internet aos alunos. Na gestão, teremos o Prefeitura Digital, um app para atender ao cidadão, e o Prefeito Presente, em que irei pessoalmente verificar os problemas dos bairros e vistoriar serviços municipais. E pretendo retomar a Lei do Gatilho, que ganhou prêmios de inovação quando fui prefeito."

Luiz Carlos Bustato (PTB)
Queremos criar o aplicativo Compartilha Canoas, conectando pequenos empreendedores com clientes, implementar a Telemedicina por videochamada, em que a pessoa possa de casa solicitar uma consulta com profissional da saúde, além da implementação do “Saúde Não Dorme”, para agilizar exames de imagem e cirurgias, abrindo agendas em horários alternativos. Faremos inserção gradual de ônibus elétricos, para tornar o transporte mais sustentável, a construção do Centro Administrativo Municipal, centralizando grande parte dos serviços públicos, facilitando o atendimento aos munícipes e ocasionando a redução de aluguéis."

Nelsinho Metalúrgico (PT)
"Canoas precisa ser melhor do que é, melhor do que já foi. Por isso, o nosso plano de governo firma a garantia da qualidade de vida, com investimento nas pessoas. Entre as propostas do PT, está a reorganização do transporte público, com a implantação da “Tarifa Zero”. O programa pretende reduzir, de forma gradual, o preço da passagem de ônibus em 25% ao ano, diminuindo as despesas de deslocamento do trabalhador. Outra proposta que inova a urbanização, a mobilidade e sustentabilidade, é a implementação dos “Caminhos da Escola”, com de ciclovias que ligam estudantes ao direito de percorrer até a sua escola de forma segura."

Professor Pablo (PSOL)
"Tarifa Zero para redução de CO2, hortas Urbanas para garantir a soberania alimentar, criação de campanha pela humanização da cidade e pela não naturalização da violência, cada crime é uma história que deve ser contada. Além disso, criação de incubadoras para novos empreendimentos, viabilização e criação de polos industriais, tecnológicos e aeronáuticos de ponta. Vamos criar centros de triagem de resíduos nos principais bairros e construir uma usina de reciclagem, com aproveitamento de resíduos sólidos recicláveis e implantação do app de carona onde o motorista fique com 95% do valor da viagem."

Simone Sabin (PRTB)
Um ponto mais do que renovador se relaciona ao Parque Tecnológico, com estrutura e governança adequadas para gerar conhecimento, apoiar os novos empreendedores, como um berço de “startups” para a região. Grande diferencial trará o projeto urbanístico-econômico que irá dar uma nova era, uma nova cara, para a nossa Praia Paquetá, com urbanização, píer e atracadores de barcos e áreas de lazer. Outro ponto refere-se ao incremento do ciclo de coleta e reciclagem. Temos, ainda, a parte ligada à inovação tecnológica e à chamada economia criativa, como games, multimídia, cine-vídeo-animação, música e design."

Candidatos à Prefeitura de Nova Santa Rita Foto: PAULO PIRES
Alemão do Lot (DEM)
"Queremos dar início a uma nova realidade no município, com construção de casas populares, regularização das áreas verdes da cidade, construir um viaduto ligando os bairros Floresta e Centro. Além disso, propomos a criação do museu do tradicionalismo, parque de som automotivo, plano diretor de drenagem urbana, solucionando problemas de alagamentos, implementar a cultura de hortas orgânicas comunitárias, criar o centro de bem estar animal, acolhendo, castrando e disponibilizando para adoção os animais em situação de abandono. Vamos criar mecanismos para captação de água reaproveitada e uso de energia solar na prefeitura."

Marcelino Muzykant (PP)
"Na saúde, vamos criar o programa Saúde na Hora ampliando o atendimento, criado um Centro de Atendimento da Mulher e o Programa de Atenção Especial ao Idoso. Vamos criar o projeto Educação Digital levando tecnologia pra dentro da sala de aula, além de focar no turno integral. Na Cultura, vamos construir o Centro Municipal de Cultura, e também transformar o Parque Olmiro Brandão num espaço de integração entre entidades, associações, indústria, comércio e agropecuária, com a infraestrutura para ser um grande espaço de lazer e desporto, além de abrigar, com mais qualidade, os grandes eventos municipais."

Marne de Souza (PRTB)
"Além das três principais propostas do nosso governo, como construção do hospital público, transporte coletivo eficiente e Escola Cívico-Militar, iremos investir na pavimentação das nossas ruas. Nossa proposta é inusitada, pois não faremos a contratação de empresas privadas para realizarem tais pavimentações, e sim, iremos adquirir os maquinários de fabricação própria do PAVS, garantindo maior produção com menor custo para a população. Desta forma, conseguiremos pavimentar não só as ruas da cidade, como também as calçadas, padronizando e nivelando as mesmas, garantindo segurança e comodidade aos pedestres."

Rodrigo Battistella (PT)
Para inovar em Nova Santa Rita, instalaremos câmeras de videomonitoramento, com leitura de placas de veículos, que analisarão automaticamente se os veículos que entram em nosso município estão sendo procurados pelos órgãos de Segurança. Além disso, Criaremos uma estação de geração de energia solar para fornecer energia limpa e sustentável aos prédios públicos de Nova Santa Rita, através do Programa Mais Energia Solar. Por fim, propomos a criação do Fundo Municipal de Crédito, onde possibilitaremos aos pequenos e microempreendedores do município acesso ao crédito de forma descomplicada e e com juros subsidiados."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.