Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Canoas Desafio

212 alunos aprovados na Olimpíada de Matemática

14 escolas de Canoas tiveram classificados para a segunda fase

Por Shállon Teobaldo
Publicado em: 08.10.2021 às 03:00 Última atualização: 08.10.2021 às 14:43

Reforço em sala de aula, grupos de estudo extraclasse, revisão de provas anteriores. O preparo para a segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) está a todo vapor em 14 colégios de Canoas que, juntos, tiveram 212 estudantes aprovados na etapa um.

Professor de Canoas oferece reforço extraclasse para participantes da OBMEP
Professor de Canoas oferece reforço extraclasse para participantes da OBMEP Foto: FOTOS: PAULO PIRES/GES
Projeto nacional, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a OBMEP prevê aplicar o desafio dois em 6 de novembro. Os melhores desempenhos receberão medalhas de ouro, prata e bronze e mais de 50 mil menções honrosas para alunos destaques, por meio dos ministérios da Educação, Ciência, Tecnologia e Inovações.

O objetivo do município agora é estar entre os premiados, que serão divulgados em janeiro de 2022. "Para participar desse momento, há um grande envolvimento da escola, dos professores, estudantes e famílias, resultando em novas aprendizagens e motivando o desenvolvimento de novas habilidades e competências matemáticas", enfatiza a secretária da Educação de Canoas (SME), Sônia Rosa.

Interpretação

A dica do professor de matemática Leandro de Andrades Campos, que dá aula na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) General Osório, no Bairro Rio Branco, é lembrar que as questões da OBMEP não são simplesmente cálculos, mas desafios de interpretação.

"Os conteúdos são lúdicos, de lógica e, bem interpretados, não são difíceis de responder", destaca ele.

ONE

Para preparar os alunos para a Olimpíada, Campos participou de um treinamento, por meio da ferramenta ONE.

"Captar a atenção das crianças e adolescentes para o estudo dos números exige paciência, explicação nos mínimos detalhes, sem suposições", diz ele.

Podem participar da OBMEP alunos do 6º ao 9º ano, nos níveis 1 e 2. Na General Osório, foram cerca de 200 inscritos e 19 aprovados.

Surpresa positiva

Emilly Guimarães, 15 anos, é estudante do 9º ano do ensino fundamental na General Osório. Incentivada pelos colegas, decidiu participar pela primeira vez da OBMEP e, para sua surpresa, acertou a maioria das questões e passou para a segunda fase.

 07/10/2021 OLIMPÍADAS DE MATEMÁTICA
07/10/2021 OLIMPÍADAS DE MATEMÁTICA Foto: PAULO PIRES/GES
"Não sou muito boa em matemática, mas resolvi tentar e estou bem empolgada para ir adiante", ressalta ela.

A classificação é resultado de muito estudo. Além dos conteúdos do currículo regular, Emilly participou de um grupo de estudos com os outros colegas, focado na Olimpíada.

"Participar da OBMEP abriu minha mente para as exatas, agora estou entendendo bem mais os materiais da aula normal", afirma a aluna.

Não vale nota no boletim da escola e, justamente pela falta de pressão, o professor Campos ressalta que os estudantes devem se divertir fazendo a prova.

"Sempre digo pra eles: assim como no futebol, que não é preciso ser craque pra jogar e se divertir, na matemática não precisa ser um gênio. O mais importante para nós educadores é despertar o interesse e o gosto dos alunos pela matemática", pontua ele.

Oportunidade de iniciação científica

Os estudantes medalhistas da OBMEP ganham, ainda, a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica (PIC), que tem como objetivo avivar o gosto dos jovens por matemática e pela ciência em geral.

 Ambiente estimula: degraus ajudam no aprendizado
Ambiente estimula: degraus ajudam no aprendizado Foto: PAULO PIRES/GES
Para quem está se preparando para as provas, também há benefícios. Por meio do programa Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo (POTI), alunos do 8º e 9º ano recebem orientações, aulas e testes. Quem quiser saber mais, pode acessar o site www.poti.impa.br.

As escolas podem acessar também o Banco de Questões em obmep.org.br/banco.htm e provas anteriores em obmep.org.br/provas.htm para praticar antes de fazer a avaliação oficial.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.