Publicidade
Notícias | Canoas Streaming

A difícil vida de casado do Homem de Aço

Série "Superman & Lois" acaba de estrear na plataforma HBO Max

Por Leandro Domingos
Publicado em: 22.07.2021 às 15:07 Última atualização: 23.07.2021 às 15:08

Elizabeth Tulloch e Tyler Hoechlin vivem Lois e Superman Foto: HBO MAX/DIVULGAÇÃO
Quem viveu os anos 90, talvez lembre que as noites em frente a televisão incluíam uma boa dose de ação e romantismo vinda da série "Lois & Clark: As Novas Aventuras do Superman". A atração que era exibida no Brasil pela Rede Globo tinha Dean Cain como Clark Kent e Teri Hatcher como a repórter Lois Lane, trocando carícias e encarando perigos. Foram quatro divertidas temporadas exibidas entre 1993 e 1997.

A nostalgia levou a Warner Bros a retomar a ideia. Lançada no inicio do ano nos Estados Unidos, a série "Superman & Lois" acaba de chegar ao Brasil através do streaming da HBO Max. A atração mostra o super-herói (Tyler Hoechlin) e a jornalista do Planeta Diário (Elizabeth Tulloch) em uma situação um pouco mais avançada que aquela vista nos anos 90. Agora, os dois são casados e pais de dois adolescentes.

A premissa parte do homem de aço mantendo sua luta contra supervilões megalomaníacos, monstros surgidos das profundezas e invasores alienígenas que chegam com a intenção de destruir Metrópolis. Porém, o kryptoniano precisa enfrentar cada desafio em meio ao estresse, as pressões e complexidades decorrentes de ser casado e pai de família.

Desde a estreia, o programa vem sendo o mais elogiado criado pelo canal americano CW, o mesmo responsável por séries como "Arrow" e "The Flash". "Superman & Lois" teve episódios aplaudidos pela crítica americana, por evocarem o melhor do universo do personagem criado nos quadrinhos, há mais de 80 anos, por Jerry Siegel e Joe Shuster.


O voo mais alto

 

Contratado pela editora DC Comics em 1987 para criar aventuras do Homem de Aço nas HQs, o roteirista John Byrne escandalizou os chefões da empresa ao aludir que Superman enfim devia dormir com Lois Lane. Byrne acabou saindo da DC por diferenças criativas, mas seu legado permanece. Até hoje, quadrinhos, TV e cinema usam situações criadas pelo autor, que estava à frente da época.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.