Publicidade
Notícias | Canoas Saúde

Intervenção em hospitais e UPAs completa seis meses

Secretário de Enfrentamento à Pandemia avalia os resultados

Publicado em: 21.07.2021 às 03:00 Última atualização: 21.07.2021 às 09:33

Há exatos seis meses, a nova equipe de interventores assumia a gestão do Hospital Universitário de Canoas (HU), do Hospital de Pronto Socorro Prefeito Dr. Marcos Antônio Ronchetti (HPSC), das UPAS Hugo Simões Lagranha e Liberty Dick Conter e dos CAPs Amanhecer, Novos Tempos, Travessia e Recanto dos Girassóis.

21/06/2021 Hospital - HU Foto: Paulo Pires/GES
Instituído pela Administração Municipal, o grupo atua na reorganização assistencial, financeira e estrutural destes instrumentos públicos de saúde.

Para o secretário de Governança e Enfrentamento à Pandemia, Felipe Martini, que compõe o comitê de intervenção, foram meses desafiadores.

DC - Como avalia esses primeiros seis meses de intervenção?

Martini - Assumimos em um momento agudo da pandemia e tivemos que trabalhar não só para dar assistência imediata aos pacientes Covid, mas também pensando em todo o sistema de saúde, que se encontrava fraturado e deficitário. Otimizamos a aplicação dos recursos públicos para dar a assistência que a pandemia exigia, mas de forma que os investimentos ficassem de legado para a cidade. Um exemplo são os leitos criados que, passada a pandemia, ficarão à disposição da sociedade.

DC - Quais as ações realizadas?

Martini - Em dois meses já havíamos triplicado nossa capacidade assistencial. Só no HU criamos mais de 170 novos leitos entre UTI e clínicos. Instalamos tanques de oxigênio nas UPAs para que tragédias como a de Manaus não se repetissem. Retomamos as consultas e exames eletivos, realizamos a reforma e reestruturação de espaços que estavam inutilizados. Fomentamos a participação do Hospital Universitário em pesquisas de abrangência nacional, assim como passamos a olhar para as nossas crianças, retomando as consultas pediátricas 24 horas na unidade de pronto atendimento Hugo Simões Lagranha. Iniciamos as revitalizações dos CAPs, também retomamos a UPA da rua Caçapava, a nossa UPA Liberty Dick Conter. No HPSC preparamos a estrutura de atendimento para atender pacientes Covid. Contratamos colaboradores e iniciamos um profundo resgate de credibilidade com funcionários, fornecedores e principalmente com a sociedade.

DC - A questão financeira das instituições é sempre uma preocupação. Como está o trabalho nesta área?

Martini - A intervenção tem um olhar minucioso para as finanças. Assumimos com uma dívida consolidada de mais de R$ 80 milhões, com impostos, tributos, dívidas trabalhistas e fornecedores atrasados. Nosso compromisso não será com erro. Por isso, revisamos contratos, aprimoramos processos, reduzimos custos operacionais e passamos a fazer mais com menos. Com o olhar para o futuro estamos modernizando sistemas, instituímos um manual de compras e procuramos honrar nossos compromissos para resgatar a credibilidade do hospital. Nesses seis meses nos orgulhamos de estar com todos os salários, fornecedores e tributos rigorosamente em dia.

DC - Foi realizado algum trabalho junto aos colaboradores?

Martini - Temos um grande time de profissionais em todas as áreas. Iniciamos um trabalho de comunicação interna com foco em valorização e qualificação permanente. Queremos que tenham orgulho do que fazem e que se sintam pertencentes à instituição. Construímos benefícios nas áreas da saúde e educação, para que nossos colaboradores usufruam desses serviços. Outro ponto muito significativo foi a regularização do Certificado Digital da instituição. Por falta de documentação ele estava suspenso, o que causava muitos transtornos para os ex-colaboradores, que não conseguiam ter acesso ao fundo de garantia e ao seguro desemprego.

DC - Qual a projeção para os próximos meses?

Martini - O Comitê tem a finalidade de colocar a casa em ordem, preparando as instruções para atender com excelência os canoenses e os mais de 152 municípios do RS que buscam em nós atendimento na área da saúde. Reafirmamos o nosso compromisso com as boas práticas de gestão e com a vida e saúde das pessoas. Essa é a nossa missão.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.