Publicidade
Notícias PREVISÃO DO TEMPO

Mesmo com neblina e frio, sexta-feira pode ter sol na região

Em algumas regiões do Rio Grande do Sul, o tempo já começou a limpar na quinta-feira após altos volumes de chuva

Publicado em: 27.08.2021 às 04:04 Última atualização: 27.08.2021 às 08:14

A sexta-feira (27) começa com neblina forte, umidade e frio na região metropolitana. De acordo com a MetSul, o sol deve aparecer ao longo do dia, com máximas que podem passar dos 20°C. Assim, a chuva, que atingiu o Estado nos últimos dias, dá uma trégua.

Ainda nesta quinta-feira (26) era possível perceber os estragos e alagamentos causados pela água em toda a região dos vales do Sinos e Paranhana. Segundo a Metsul Meteorologia, de segunda até a quinta-feira, choveu 117mm em Novo Hamburgo, o que representa 83% da média histórica para o mês de agosto no município, que é de 140mm.

Chuva atingiu a região e registrou marcas elevadas para o mês Foto: João Ávila /GES Especial

Com a virada no tempo, que começou na tarde de quinta, a chuva dá espaço para uma semana sem precipitações no RS, conforme a MetSul. Porém, embora com o retorno do sol, as temperaturas devem cair, trazendo novamente uma onda de frio - não da mesma intensidade que tivemos em junho e julho -, mas que vem acompanhada de geada em várias regiões do Estado.

A MetSul destaca que o amanhecer mais frio na maioria das cidades gaúchas nesta sexta-feira (27), acontece na Campanha, com marcas entre 1°C e 3°C, assim como no Sul e na fronteira com o Uruguai, mas com marcas menores na Serra do Sudeste.

Aqui na região metropolitana, no início desta sexta, os termômetros marcavam 7°C. 

Na Serra, Caxias do Sul deve ter entre 6ºC e 7ºC na sexta e sábado (28). Na área dos Aparados, 6ºC ou 7ºC na sexta e de 2ºC a 4ºC no sábado, podendo cair a 1ºC em um ponto ou outro.

Geada e chuva

De acordo com a meteorologista Estael Sias, da MetSul, o risco de geada seria maior no Oeste e no Sul gaúcho, em particular na Campanha e na fronteira com o Uruguai. No sábado (28), cresce a chance de geada em áreas de maior altitude do Nordeste gaúcho, porém mais em baixadas.

Conforme a MetSul, o ingresso desta massa de ar seco e frio de alta pressão vai garantir uma longa sequência de dias de tempo firme e agradável no Rio Grande do Sul com gradual aquecimento. A chuva só retornaria entre os dias 3 e 4 de setembro para a maioria das regiões.

Neste sábado, se espera já que a temperatura mínima seja mais alta que a da sexta-feira na maior parte das cidades gaúchas. A massa de ar frio rapidamente enfraquece, permitindo a elevação das mínimas e das máximas no fim de semana.

Volta do calor

Para quem gosta de calor, as temperaturas voltam a se elevar mesmo a partir de segunda-feira (30), com previsão de 28ºC, em Novo Hamburgo, e ultrapassando os 31ºC entre terça (31) e quinta-feira (2), marcando o início de setembro.

Retorno do La Niña

De acordo com a MetSul Meteorologia, as chances do retorno do fenômeno La Niña são grandes nos próximos meses, o que deve mais uma vez afetar a agricultura e a produtividade do milho, especialmente no Sul do Brasil, em consequência de períodos mais prolongados com déficit hídrico.

A MetSul informa que modelos de clima, em geral, mantêm o indicativo de resfriamento das águas superficiais do Pacífico Equatorial até o começo do próximo ano com alta probabilidade de o fenômeno se instalar agora durante a primavera, o que afetaria o clima no País e no restante do mundo no final deste ano e ao menos nos primeiros meses de 2022. Hoje o Pacífico está em neutralidade.

Além de prejudicar a produção de milho, a soja também pode ser afetada. A MetSul alerta que no RS, o período mais crítico para a soja se dá entre a segunda metade de janeiro e o começo de março, período de maior demanda hídrica.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.