Informe Publicitário EDUCA MAIS

Desafio premia projetos estudantis de impacto social; saiba como se inscrever

É preciso formar grupos compostos por, no mínimo, três estudantes e um educador

Publicado em: 23.08.2021 às 14:55

O Desafio Criativos da Escola 2021, voltado para estudantes dos ensinos fundamental e médio de todo o país, está com inscrições abertas. Serão selecionados até 50 grupos de escolas públicas e particulares, que receberão R$ 2 mil para investirem em seus projetos de transformação social.

É preciso formar grupos compostos por, no mínimo, três estudantes e um educador Foto: Reprodução
A iniciativa visa apoiar as equipes no desenvolvimento de projetos que provoquem as mudanças que querem ver em suas realidades.

Para participar é preciso formar grupos compostos por, no mínimo, três estudantes e um educador para ser responsável pela equipe.

O Desafio 2021 está dividido em duas etapas: Chama, com inscrições até 31 de agosto, e Premiação, com inscrições até 02 de setembro. As inscrições são gratuitas e independentes, podendo o grupo escolher participar de uma modalidade ou das duas.

A seleção dos projetos irá avaliar critérios como: potencial de impacto social, empatia, criatividade, protagonismo e trabalho em equipe. Os 50 grupos selecionados serão nomeados como Embaixadores (as) Criativos da Escola. Para participar, é preciso acessar o site do Desafio 2021.

Os vencedores receberão diversas recompensas, dentre elas, a participação especial em um bate-papo on-line fechado com o ator, diretor e ex-BBB, Lucas Penteado.

O desafio é organizado pelo programa Criativo da Escola, do Instituto Alana, que é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Foi criado em 1994 e é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.