Publicidade
Esportes | Inter Brasileiro

D'Alessandro tem pedido de 2017 atendido e é oficialmente um cidadão brasileiro

Com a documentação, D'Alessandro não ocupará mais vaga de estrangeiro no Inter

Por Matheus Beck
Publicado em: 17.09.2020 às 13:53 Última atualização: 17.09.2020 às 13:53

Nas redes sociais, D'Alessandro comemorou a conquista burocrática Foto: Acervo pessoal

A chegada do técnico argentino, Eduardo Coudet no Inter culminou em sequenciais indicações de contratações também estrangeiras. Os primeiros a chegar foram Musto (argentino) e, depois vieram Saravia (argentino), Abel Hernández (uruguaio) e recentemente Leandro Fernández (argentino). Eles se somaram a Cuesta (argentino), Guerrero (peruano) e o ídolo D'Alessandro (argentino). Este último, no entanto, agora não disputará mais as cotas - são limitados os números de estrangeiros em competições nacionais - após anúncio realizado nesta quinta-feira (17). O jogador teve pedido de 2017 atendido e, desde o dia 16 de setembro de 2020, é oficialmente um cidadão brasileiro.

O processo burocrático foi acelerado e facilitado também pelo argentino ter tido um filho no Brasil. Gonzalo nasceu em Porto Alegre. Na publicação nas redes sociais, o atleta que chegou ao Colorado em 2008 inseriu o conteúdo informado pelo departamento de migrações da secretaria nacional de justiça.

Com a camisa vermelha, D'Alessandro conquistou seis gauchões (2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015), uma Libertadores da América (2010), uma Sul-Americana (2008), uma Copa Suruga (2009), uma recopa Sul-Americana (2011) e duas recopas gaúchas (2016 e 2017).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.