Publicidade
Esportes Esportes

Camacho admite 'pressão' e 'fase difícil' do Santos após 3ª derrota seguida

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 04.09.2021 às 23:30

Os jogadores do Santos não esconderam o desânimo e o incômodo após a terceira derrota seguida, por diferentes competições. O novo tropeço aconteceu diante do Cuiabá, pelo placar de 2 a 1, na Arena Pantanal. Ao fim da partida, o volante Camacho admitiu a fase ruim e a pressão que cresce sobre o time paulista.

"É uma fase difícil, complicada, temos que levantar a cabeça, trabalhar durante a semana e ganhar em casa para sair dessa situação. Santos é um time gigante, a pressão vem, não estamos ganhando", declarou o volante, em entrevista ao canal Première.

Sem vencer há seis jogos, por diferentes torneios, o Santos se complicou no Brasileirão. Estacionou nos 22 pontos e caiu para o 13º lugar, com potencial para perder mais posições porque os vizinhos mais próximos na tabela têm um jogo a menos na tabela.

Para Camacho, a falta de atenção tem sido a principal responsável pelos tropeços santistas. "Hoje, mais uma vez, tivemos um momento de desatenção", comentou. "Tomamos gol na jogada que treinamos a semana toda, não podíamos tomar. Corremos atrás, criamos chances até fazer o gol, mas eles vieram para cima e ficou um jogo de trocação."

O volante se refere ao primeiro gol da partida, marcado logo aos 3 minutos do primeiro tempo. O Santos reagiu ao empatar no início da etapa final. Mas levou o segundo gol aos 42 minutos. "Agora é trabalhar para sair dessa situação o mais rápido possível", diz o volante do Santos."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.