Publicidade
Esportes Preparação

Seleção brasileira feminina perde para os Estados Unidos em Orlando

Equipe de Pia Sundhage acabou sendo derrotada por 2 a 0 no torneio She Believes

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 22.02.2021 às 13:36 Última atualização: 22.02.2021 às 13:36

Marta em ação durante confronto com os Estados Unidos Foto: Sam Robles/CBF
A seleção brasileira feminina não resistiu ao poderio da melhor equipe do mundo. Neste domingo (21), até fez um duelo equilibrado com os Estados Unidos, mas perdeu por 2 a 0, em Orlando, na partida válida pela segunda rodada da She Believes Cup, torneio encarado como uma preparação para a Olimpíada de Tóquio.

Anfitriã do torneio, a seleção americana encaminhou a sua vitória ao abrir o placar logo aos dez minutos do primeiro tempo, com o gol marcado por Christen Press. E depois de conseguir se safar várias vezes de levar o empate, definiu o triunfo aos 42 da etapa final, com Megan Rapinoe.

O duelo deste domingo foi o 15.º da seleção brasileira sob o comando de Pia Sundhage, que assumiu a equipe após o Mundial de 2019, vencido pelos Estados Unidos. E, sem dúvida, o mais complicado. Acabou sendo a segunda derrota da equipe, que ganhou nove vezes com a treinadora sueca e empatou outras quatro.

O resultado deixa os Estados Unidos próximos do título da competição, pois haviam derrotado o Canadá na estreia por 1 a 0 e só precisarão empatar com a Argentina na quarta-feira para ficar com a taça. No mesmo dia, a seleção brasileira, que goleou as argentinas na estreia por 4 a 1, vai encarar as canadenses, às 18 horas (de Brasília).

Pia escalou o Brasil diante dos Estados Unidos com: Bárbara; Kathellen (Jucinara), Bruna Benites, Rafaelle e Tamires; Bia Zaneratto (Júlia Bianchi), Andressinha, Andressa Alves (Cristiane) e Marta; Ludmila (Giovana) e Debinha.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.