Publicidade
Acompanhe:
Cotidiano | Motores História

Inovação nos primórdios dos automóveis elétricos

Ford investe em pesquisa para o desenvolvimento de baterias desde a época do seu primeiro carro, o Modelo T

Por Adair Santos
Última atualização: 27.02.2020 às 13:10

Baterias ocupavam a maior parte do espaço na carroceria do modelo T, desenvolvido experimentalmente em 1913 Foto: Divulgação/fotos divulgação
Muito antes da Tesla e de outros modelos elétricos ganharem fama e tornarem-se desejo de muitos apaixonados por carros, a Ford já inovava no segmento de carros elétricos, que no ano passado recebeu o reforço do Mustang Mach-E.

Foi o próprio fundador da montadora, Henry Ford, que criou dois veículos elétricos experimentais em 1913, juntamente com nada menos que o amigo e inventor Thomas Edison. A ideia era criar um elétrico de baixo custo, feito com peças do Modelo T, mas que nunca foi produzido. Devido ao sucesso dos veículos a combustão, o tema só voltou à pauta de discussões no final dos anos 60, com a escassez do petróleo e as preocupações ambientais.

Nos anos 1990, a Ranger elétrica foi o primeiro veículo elétrico de produção vendido nos Estados Unidos, que custava US$ 30 mil e tinha velocidade máxima de 120 km/h e autonomia de cerca de 96 km. Em 2001, na Europa, a montadora desenvolveu o primeiro veículo totalmente elétrico com uma bateria de íons de lítio, baseado no Ka. O e-Ka tinha uma autonomia de mais de 145 km e velocidade máxima em torno de 130 km/h.

Mustang Mach-E tem 465 cv e autonomia de 480 km Foto: Divulgação
Em 2004, a Ford lançou seu primeiro modelo híbrido de produção, o Escape Hybrid (junto com o Mercury Mariner Hybrid). A empresa passou a oferecer mais opções híbridas, incluindo os Fusion Hybrid e híbrido plug-in, o Lincoln MKZ Hybrid, os C-Max Hybrid e plug-in, além do Focus Electric totalmente elétrico.

Por fim, todas essas décadas de pesquisa culminaram em modelos com a tecnologia de bateria de íons de lítio de quarta geração, como o Escape e Explorer híbridos, Lincoln Aviator e o Lincoln Corsair híbridos. Em novembro passado, lançou o Mustang Mach-E elétrico, dotado de 465 cv e torque de 84,6 kgfm, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3 s e rodar 480 km.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.