Publicidade
Cinemando

Stephen King conta história de detetive

Por Leandro Domingos

Brendan Gleeson encarna ex-policial que persegue um psicopata fora do comum Foto: STARZPLAY/REPRODUÇÃO
Stephen King marcou o gênero terror, seja trabalhando com ameaças humanas, monstruosas ou sobrenaturais. Ele surpreendeu os fãs com seu 62º livro. Em “Mr. Mercedes”, o escritor se concentrou em uma simples história de detetive: aposentado, o ex-policial Bill Hodges tenta resolver um caso aberto. O sucesso da obra levou a uma sequência de livros, que virou série, cujas três temporadas podem ser vistas no Prime da Amazon.

O programa tem o veterano Brendan Gleeson vivendo Hodges. A trama começa com o tal Mr. Mercedes do título: um assassino psicopata que promove um verdadeiro massacre atrás do volante. O enredo pula dois anos no tempo, quando o policial se aposenta, iniciando uma apuração particular do crime.

Com personagens bem construídos, ótimos diálogos e muito suspense, “Mr. Mercedes” se destaca também pelo maravilhoso elenco. Aos 65 anos, Gleeson cria uma figura ao mesmo tempo carismática e ranzinza. Já Harry Treadaway, ator que viveu Victor Frankenstein na série “Penny Dreadful”, encarna um psicopata que foge do usual visto no gênero, misturando insegurança, arrependimento e medo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.