Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Motores História

Jeep completa 80 anos de desafios 4x4

No ano em que a icônica marca norte-americana celebra as suas oito décadas, relembre os principais modelos que ajudaram a torná-la sinônimo de aventuras off-road ao redor do planeta

Publicado em: 16.07.2021 às 06:00

Há 80 anos, em 15 de julho de 1941, a antiga Willys-Overland assinou um contrato com o Exército dos Estados Unidos para iniciar a produção do primeiro veículo Jeep militar. Oitenta anos depois, a marca atua em todo o mundo com uma linha de produtos que continua se expandindo para novos segmentos, uma comunidade fiel de fãs e a utilização de novas tecnologias, como a dos veículos elétricos 4xe, como a evolução de oito décadas de liderança no setor.

Jeep - história

Em 2021, no Brasil, a Jeep celebra a data com diversas novidades. No Jeep Day (dia 4x4 ou 4 de abril), quando foi realizada a comemoração do aniversário da marca de forma antecipada no País, ocorreu o lançamento de uma série especial de aniversário para cada um dos quatro modelos comercializados no mercado nacional (Renegade, Compass, Grand Cherokee e Wrangler), além da apresentação da Adventure Intelligence by Jeep Connect, plataforma de serviços de conectividade que estreou no Renegade, primeiro carro conectado da marca e da Stellantis no Brasil.

Pouco depois, foi a vez da apresentação do novo Compass, com mais performance com o novíssimo motor turbo Flex T270 com potência de 185 cv e torque de 270 Nm (27,55 kgfm), novo design com mudanças por fora e por dentro, como o novo volante, mais sofisticação com itens como os novos faróis Full LED e mais tecnologia com a nova central multimídia conectada de 10'1".

"Celebramos estas oito décadas de olho no futuro, com um ano repleto de novidades. Além de tudo que já trouxemos no primeiro semestre, ainda teremos em 2021 os lançamentos do Jeep Commander, SUV premium de 7 lugares que elevará o patamar de luxo da marca, e do primeiro modelo híbrido 4xe da Jeep na região. Estamos começando uma nova era para a Jeep já pensando nos próximos 80 anos", afirma o diretor do Brand Jeep para a América Latina, Alexandre Aquino.

1941: um ícone nasce no período de guerra e logo ganha as ruas

Em 1941, a Willys-Overland celebrou um contrato para ser a fornecedora primária do novo veículo militar de um quarto de tonelada para o governo dos Estados Unidos. Mais de 350.000 desses Jeeps MBs seriam produzidos em 1945 e seriam a base para o Jeep CJ civil que iniciaria produção mesmo antes da guerra acabar.

O CJ-2A de 1945 (abaixo) tornou-se o primeiro veículo leve com tração nas quatro rodas disponível em massa para o público em geral. Embora o CJ-2A tenha compartilhado a arquitetura básica do MB, houve diversas melhorias notáveis. Isso incluiu uma tampa traseira dobrável, estepe montado na lateral, faróis maiores e uma unidade de tomada de força.

Jeep 80 anos

1946: nasce o primeiro SUV da marca

Jeep 80 anos

Em 1946, a Willys-Overland introduziu a primeira station wagon de carroceria toda em aço - o Willys Wagon, mas a grande novidade revolucionária foi em 1949 quando a tração nas quatro rodas foi adicionada ao wagon para criar o primeiro SUV.

Capaz de transportar sete passageiros com conforto, levar carga e enfrentar as trilhas mais difíceis, o Willys Wagon representou uma virada de jogo. A Wagon projetada por Brooks Stevens esteve em produção por aproximadamente 20 anos, mais que qualquer automóvel americano contemporâneo de sua época.

 

1963: Wagoneer, o SUV premium original

Jeep 80 anos

Em 1963, o Wagoneer foi o SUV premium original que combinou a tração quatro rodas com uma transmissão automática. Oferecendo opções que estavam, até então, disponíveis em carros de passageiros de alta tecnologia, o Wagoneer mudou a percepção sobre um veículo de tração nas quatro rodas.

Isso ampliou o mercado e o apelo dos veículos 4x4, criando o SUV moderno, que foi anunciado como "Totalmente novo, Totalmente Jeep". Duas décadas depois, lançou o Grand Wagoneer, que trouxe a experiência premium 4x4 a outro nível com características como bancos em couro, ar-condicionado, rádio AM/FM/CB e isolamento acústico.

 

1979: Cherokee, um SUV compacto

Jeep 80 anos

A crise de energia de 1979 estimulou o desenvolvimento de um 4x4 menor. O Cherokee XJ 1984 foi projetado a partir do zero e foi o primeiro SUV compacto do mundo.

Usando uma estrutura de monobloco, o veículo ficou muito menor que seu antecessor mantendo ainda 90% de seu espaço interior. O veículo apresentou o sistema de tração de quatro rodas Command-Trac shift-on-the-fly.

 

1986: o nascimento de uma lenda, o Wrangler

Jeep 80 anos

A chegada do Jeep Wrangler em 1986 atendeu ao desejo do público de um SUV compacto com mais conforto. Apresentava um centro de gravidade mais baixo, dirigibilidade melhorada e um interior mais confortável.

O modelo estabeleceu precedente para um dos veículos Jeep mais amados e robustos de todos os tempos. Embora o Wrangler tenha compartilhado o perfil de carroceria aberta familiar do CJ-7, ele continha poucas partes comuns com seu famoso predecessor.

Mecanicamente, o Wrangler tinha mais em comum com o Cherokee.

Em 5 de agosto de 1987, pouco mais de um ano após a apresentação do Wrangler, a American Motors Corporation foi vendida para a Chrysler Corporation e a popular marca Jeep se tornou parte da Divisão Jeep / Eagle da Chrysler.

 

1992: Grand Cherokee impressiona

Jeep 80 anos

Em 7 de janeiro de 1992, no Salão do Automóvel de Detroit (Naias), Bob Lutz, então presidente da Chrysler, dirigiu o primeiro novo Jeep Grand Cherokee ZJ da linha de produção de Jefferson, pelas ruas da cidade e através da porta de vidro do Cobo Hall (local onde o evento acontece), apresentando o avanço do SUV premium. O Grand Cherokee oferecia detalhes interiores sofisticados, ótima dirigibilidade na estrada, condução e conforto sem perder qualquer característica off-road.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.