Publicidade
Cotidiano Anonymus

Risoto de Mestre: uma receita do Anonymus Gourmet para quando canta o Minuano

Confira como fazer esta receita gaúcha

Por Anonymus Gourmet
Publicado em: 03.07.2021 às 03:00 Última atualização: 03.07.2021 às 11:35

De clima subtropical, e com as quatro estações bem definidas, a região Sul do Brasil é a que sente com mais rigor o inverno no Brasil. Como esclarecem os meteorologistas, isso acontece devido, principalmente, à atuação de frentes frias e massas polares, que provocam chuvas e a queda acentuada na temperatura, que muitas vezes fica abaixo de zero grau. Isso acontece porque estamos mais perto do Polo Sul que o restante do Brasil. Assim, temos o velho e bom Minuano, vento sul típico da região, além da formação de geada e de neve que não é daquela europeia, mas dá para o gasto da diversão na Serra gaúcha. Como em tudo na vida, nosso inverno tem encantos e desencantos. No inverno, vamos desfrutá-los, mas é nosso dever ajudar os mais pobres e o Rio Grande é exemplar nas campanhas do agasalho. O inverno gaúcho, o vento e as cantorias de galpão à beira do fogo são nossa marca. Pessoalmente, tive uma bela amizade com um gaúcho que cantou como ninguém o Rio Grande e o nosso inverno: o querido Teixeirinha.

"Quando venta o minuano lá no Rio Grande do Sul

Carrega as nuvens cinzentas, deixando o céu mais azul

Dois, três dias o vento para

Cai a noite o frio se abranda

Trampo de enxada amanhece os campos do meu Rio Grande

Quem é magro treme o queixo, sai daqui vento tirano

Só quem tem chinoca gorda resiste firme o minuano."

Risoto de Mestre, Anonymus Gourmet Foto: Alessandra Bragamonte/Especial

Assim, o inverno gaúcho invade a boa mesa e um antigo clássico do Anonymus Gourmet é o Risoto de Mestre, um prato oportuno para aqueles dias frios, que chegaram pra valer. Aquece o estômago e também o coração. Acompanhado por um bom vinho tinto da Serra Gaúcha é uma festa gastronômica!

Ingredientes:

500g de linguiça calabresa picada / 400g (3 xícaras de chá) de arroz arbóreo / 2 litros de caldo de legumes (cerca de 8 xícaras de chá) / 200ml de vinho branco seco (1 cálice) / 200g de creme de leite (1 caixinha) / 50g de queijo parmesão ralado / salsinha picada /1 dente de alho


Modo de preparo:

1ª etapa / Em uma frigideira ampla, frite a linguiça picada em cubos pequenos. Acrescente o alho picado e, logo em seguida, o arroz. Agregue o vinho branco e deixe evaporar. Vá adicionando aos poucos o caldo de legumes.

2ª etapa / Cozinhe até o arroz soltar todo o amido e ficar al dente.

3ª etapa / A seguir, é o momento fundamental de levar à panela o creme de leite e o parmesão, misturando bem. Finalize espalhando por cima salsinha picada e também o ingrediente que completará o sabor irresistível deste risoto: um pouco de linguiça frita cortada em pequenos cubos.

Dica importante: os grãos de arroz devem ficar al dente, isto é, com certa dureza. Para isso, o arroz arbóreo é insubstituível, pois com facilidade - basta ter atenção - ele ficará no ponto ideal de cozimento. Vale dizer que não adianta substituir o arroz arbóreo por arroz comum ou outros tipos que, sem dúvida, são ótimos para as demais preparações.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.