Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Polícia

Identificados suspeitos de assassinar motorista por aplicativo de Guaíba

A Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Laguna está tratando o caso como latrocínio
04/01/2019 20:45 04/01/2019 20:45

Foto por: Reprodução
Descrição da foto: Imagens mostram criminosos em carro da vítima após assassinato
Foram reveladas, no final da tarde desta sexta-feira (4), as identidades dos suspeitos de terem assassinado o motorista por aplicativo Paulo Júnior da Costa, 22 anos, desaparecido desde a última segunda-feira (31). Segundo a Polícia Civil, Jackson do Nascimento, 20, e Wesley Nunes Ferraz, 27, foram presos por agentes da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Laguna acusados de cometer o crime. O órgão trata o caso como latrocínio.

Pela manhã, integrando uma força-tarefa que envolveu a 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre e a Inteligência da Polícia Militar, os policiais efetivaram a prisão temporária de um indivíduo que estava escondido no bairro Bananal, em Laguna.

Continuando os trabalhos a fim de encontrar outra pessoa envolvida no crime, foram feitas diversas buscas. Por volta das 13 horas, um homem auxiliou a ação da polícia, fornecendo a localização onde estava enterrado o corpo de Costa, no bairro Barbacena, também em Laguna.

O indivíduo, que não possuía mandado de prisão e auxiliou na localização do corpo, foi autuado em flagrante por ocultação de cadáver e também será representado pela prisão preventiva em virtude do latrocínio.

O delegado Bruno Pereira Fernandes, da DIC de Laguna, acredita que o latrocínio tenha ocorrido entre os dias 1º e 2 de janeiro já na cidade de Laguna. No entanto, somente o exame pericial é que poderá estimar, pelas características do corpo, há quanto tempo Costa está morto.

O último contato de Costa foi com a namorada, através de mensagem pelo celular em que disse que atenderia uma corrida até Pelotas, no sul do Estado. Em imagens de câmeras de monitoramento, é possível ver os suspeitos chegando com o carro da vítima, um Fiat Siena, a um condomínio após terem executado e ocultado o corpo da vítima, já em Laguna.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS