Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Entrevista à Rádio ABC

''As conversas demandam uma interpretação'', diz Celso Tres sobre vazamento da Lava Jato

Ouça o áudio completo da entrevista com o procurador
10/06/2019 11:20 10/06/2019 11:21

Foto por: Arte/GES
Descrição da foto: O ex-juiz Sergio Moro e um dos procuradores da operação Lava Jato, Deltan Dallagnol
Na manhã desta segunda-feira (10), o promotor federal Celso Tres conversou sobre a Rádio ABC sobre o vazamento de supostas conversas entre membros da Operação Lava Jato. Entre eles, o procurador da república Deltan Dalagnol e o ex-juiz Sergio Moro. Segundo Tres, as conversas têm um forte teor do que ele chama de "interpretação". "As conversas demandam uma interpretação. Nós não temos uma íntegra. É por isso que tem que se ver o conteúdo disso [...]", disse durante a entrevista ao programa Ponto e Contraponto.

No final da tarde de domingo (9), o site The Intercept Brasil publicou um material exclusivo sobre um suposto vazamento de conversas. Segundo a publicação, os diálogos interceptados entre os anos de 2015 e 2017, supostamente demonstram motivações políticas nas ações movidas contra o ex-presidente José Inácio Lula da Silva. O Ministério Público Federal (MPF) reagiu imediatamente ao conteúdo publicado e distribuiu uma nota, afirmando que a Lava Jato é vítima de crime de informática e assegurando que órgão agiu dentro da legalidade. 

Sobre a prisão do ex-presidente, Celso Tres disse que "não afirma que Lula seja inocente". "Temos um caso de corrupção no Brasil que é um dos maiores do mundo, mas em relação ao processo nós tivemos várias ressalvas", explicitou. Em relação a Moro, Tres diz "um juiz precisa manter a sua imparcialidade e que isso é uma missão complexa".

Ouça o áudio completo da entrevista com o procurador



O que diz a defesa de Lula

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou nota ainda no domingo indicando que o os processos contra o petista "estão corrompidos" e que o restabelecimento de sua liberdade é urgente.  No texto, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins destacam urgência em reconhecer que o ex-presidente não praticou qualquer crime e é "vítima de manipulação das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política".

Segundo a defesa, as matérias do portal The Intercept revelam "detalhes de uma trama na Lava Jato, entre os procuradores e o ex-juiz Sérgio Moro", com o "objetivo pré-estabelecido e clara motivação política, de condenar o petista".


Lula está preso na sede da superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril de 2018 por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).
Os advogados do ex-presidente apresentaram recursos contra a sentença da Quinta Turma do STJ, que reduziu a pena do petista em abril, pedindo a eventual progressão de Lula para o regime aberto. O Ministério Público Federal encaminhou pareceres à Corte indicando que o ex-presidente já poderia progredir para o semiaberto, saindo da prisão para trabalhar durante o dia e retornando à noite.

Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS