Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Denúncia de estupro

Neymar vai se apresentar de forma voluntária à polícia, diz advogado

O advogado informou que ainda não há uma data precisa para o depoimento do jogador
03/06/2019 21:43 03/06/2019 21:43

Foto por: Anne-Christine Poujoulat/AFP
Descrição da foto: Neymar
O atacante Neymar vai se apresentar de forma voluntária à Polícia de São Paulo. A informação foi divulgada pelo advogado do jogador, Davi Tangerino, em entrevista à TV Bandeirantes. O representante do jogador informou que a data exata depende apenas da agenda da delegacia. Uma mulher registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) acusando o jogador do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, de ter cometido estupro. O crime teria acontecido em Paris, na França, em 15 de maio, às 20h20, em um hotel de luxo da cidade. O pai do atleta rebateu a acusação e garantiu que o jogador está sendo vítima de extorsão. A informação veio a público no último final de semana.

"O Neymar vai se apresentar voluntariamente, já está decidido faz bastante tempo. Agora é encontrar um dia que seja conveniente para a delegacia, com o fluxo da investigação. Ele é o maior interessado em esclarecer isso", disse Tangerino.

O advogado informou que ainda não há uma data precisa para o depoimento do jogador. "Não há um tempo definido. Quem manda na condução dos atos do inquérito é a delegada. Tem de ver qual o momento que ela quer ouvi-lo. Quando esse momento chegar, ele irá se apresentar para esclarecer a verdade dos fatos. Não sei precisar esse tempo", completou.

Tangerino se reuniu com a delegada do caso nesta segunda-feira, na 6ª delegacia da Defesa da Mulher. O advogado não quis dar muitos detalhes da conversa com a delegada Juliana Lopes Bussacos, mas reafirmou o interesse de seu cliente explicar o quanto antes tudo que aconteceu.

"Recebemos uma verdade e um sentimento de injustiça muito grande por ter passado por este episódio. Todos têm direito a advogado. Portanto, o vídeo do Neymar fala por si com muita verdade, sentimento de injustiça e indignação. Ele é o maior interessado em conhecer a verdade, e a verdade vai prevalecer", assegurou.

Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3553.2020 / 51 992026770
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS