Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Viva a Música

Sambary planeja alçar voo também fora do Estado

Músicas novas e clipes estão entre os planos do grupo hamburguense que ganha mais fãs com "Amor de Pantufa"
30/01/2019 03:00 30/01/2019 14:06

O GRUPO: Gustavo, Ricardo, Marcus (em pé) e Lucas e Wagner Amigos, que se conheceram ou em escolas regulares e até em cursinho de inglês, e consideram-se uma grande família, o grupo Sambary inicia 2019 com planos especiais. Lucas Freitas, no vocal, os irmãos Rohr, Marcus (percussão) e Gustavo (pandeiro), com Wagner Aumonde, o Waguinho (rebolo e vocal) e Ricardo Quadros (reco-reco), que formam o grupo de sete anos de estrada estiveram nesta terça-feira no Jornal NH, onde contaram que estão trabalhando forte na questão musical. A intenção é gravar dez músicas, dois clipes e ainda ampliar seu trabalho fora do Estado, especialmente no litoral de Santa Catarina, que já aplaudiu a banda em apresentações.

Com um DNA de pagode e com fortes influências de pop, sertanejo, reggae, rock e até um lampejo de rap, o grupo destaca que tem uma mistura diferente que torna o som único. Em terras catarinenses, por sinal, já gravaram um clipe, o da música "Menina de Floripa". Como pretendem lançar a cada três meses uma música nova para o público, a exemplo de "Amor de Pantufa" , que segue nesta temporada de verão, eles prometem continuar embalando os fãs que vem crescendo por onde passam, inclusive no novo estado que pretendem ingressar com mais força, como relata o vocalista Lucas Freitas na entrevista concedida ontem, ao lado dos demais integrantes da banda. "A gente é diferente. O único jeito de descobrir que Sambary é Sambary escutando a gente. Fizemos músicas de outros, mas há quem goste mais do nosso estilo do que a versão da pessoa que lançou", declara Waguinho.


Entrevista com o vocalista Lucas Freitas

O que o público pode esperar?
Vem com dez faixas novas, escolhidas a dedo para o nosso público, para o pessoal que curte o Sambary pra caramba, que vai nos assistir, que nos procura nas redes sociais. Também vem clipe novo.

Como foi 2018 para vocês?
Foi muito bom. Foi um ano de descobertas no sentido de fazer com que a produção musical seja um dos principais alicerces da banda. A gente conseguiu colocar a música "Me adora" na rádio. Ela teve uma ótima aceitação. A música ficou entre as principais músicas mais pedidas no Estado. Estamos feliz com a repercussão.

E 2019?
Vem muito trabalho, mais de dez músicas, vem clipe e a gente sabe a fórmula de fazer com que a musica chegue até vocês, que sobretudo seja uma música boa.

Quais são os planos para fora do Estado?
Não vamos ficar somente no Estado. Este ano a gente pretende ir para o litoral catarinense. Temos um clipe gravado lá. O pessoal está pedindo nossa música também la. No final do ano estivemos em Chapecó e o pessoal gostou muito. Vamos alçar voos maiores em 2019.

E os projetos Finditarde e o Cobertor?
No inverno é o Cobertor, que na temporada de 2018 passou mais de 35 mil pessoas. Esse projeto tem um cunho social. A gente trabalha bastante na campanha do agasalho e tem uma ótima repercussão, bom retorno. E no verão tem o Finditarde, que está ocorrendo. O pessoal já abraçou esse evento também. Lá estamos com nossas musicas de trabalho, "Amor de Pantufa", que é uma música que está rolando, o pessoal batendo palmas e agradecendo.

O que pessoal pode esperar da Sambary?
Pode esperar do Sambary um estilo musical próprio, uma identidade, sobretudo um estilo de vida, porque a gente sempre tenta influenciar nosso público, interpretando e gravando música de qualidade, passando mensagem de vida. A gente se vê num mercado tao independente e desse mercado criamos o nosso DNA.

Quais as influências musicais?
Além do pagode temos outras influências. Em nosso show têm canções sertanejas, músicas do estilo do reggae, alguns lampejos do rap. Conseguimos colocar tudo isso em nosso shows e o pessoal de certa forma já aprovou esse estilo de Sambary.

E a música Amor de Pantufa?
Ela vem numa programação de a cada três meses apresentar uma música ao nosso publico "Amor de Pantufa" é uma música meiga, que estava faltando para o Sambary. Tem ótima aceitação. É uma música que fala de amor, de romance, sem ser vulgar. A gente gosta de caprichar na mensagem. A música está entre as mais pedidas no Estado e já ganhamos prêmio como banda revelação por conta dessa canção.

 

Onde curtir

Finditarde - Em domingos, a partir das 19 horas, no Espaço Tao (Avenida Coronel Travassos, 777), em Novo Hamburgo. O próximo será no dia 3 de fevereiro;
Cobertor - Retorna dia 12 de maio, às 19 horas, no OK Center (RS 239, quilômetro 18,8). Quem doa um cobertor é isento do ingresso e quem doa agasalho tem desconto no valor da ingresso.
A agenda completa pode ser acessada pelas redes sociais.

 

Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS