Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Passagem

Trem fica mais caro a partir de hoje

Tarifa unitária foi reajustado para R$ 4,20 e R$ 8,18 o integração Canoas
13/03/2019 16:49 13/03/2019 16:49

Passagem foi reajustada em 27,3%A partir de hoje a tarifa do trem fica mais cara. Nesta quarta-feira, a passagem unitária foi reajustada de R$ 3,30 para R$ 4,20. Já o integração passa a praticar os valores de R$ 8,18 em Canoas e R$ 8,01 para Porto Alegre. Os usuários que compraram créditos até ontem terão descontado o valor da tarifa anterior ao reajuste. De acordo com a Trensurb, este valor da passagem para os usuários será descontado no período de 30 dias.
Este aumento aplicado pela empresa, de 27,3%, ocorre quase um ano depois de já ter subido 94%, após um período de dez anos sem reajuste.
A alteração no valor da tarifa foi aprovada pelo Conselho de Administração da Trensurb. A empresa aponta que ela foi calculada a partir da evolução dos custos operacionais, o aumento no consumo de energia elétrica e no efetivo de pessoal ocorrido na última década. A empresa ainda atribuiu a ampliação de 11 quilômetros de ferrovia, com a implantação de cinco novas estações (uma em São Leopoldo e quatro em Novo Hamburgo) e aumento da frota de trens.

Investimentos previstos
Em contrapartida do aumento, a Trensurb se compromete a realizar investimentos equivalentes à receita adicional em melhorias nos serviços. “São projetos que irão trazer mais qualidade ao serviço prestado aos usuários, em especial, na modernização da frota da empresa, incluindo a climatização de todos os trens”, informa nota encaminhada pela empresa responsável pelo serviço de transporte, que conta com apoio do Ministério de Desenvolvimento Regional.
Entre os projetos a serem contemplados também estão a recuperação e melhoria dos sistemas operacionais, como: a via permanente, a rede aérea de energia, a sinalização de segurança e o abastecimento de energia elétrica, com previsão de redução das paralisações por motivos técnicos. A empresa também prevê incrementos para garantir a acessibilidade das estações, aponta a Trensurb e prevê redução de paralisações por motivos técnicos.


Foi notícia

A insatisfação dos passageiros com o reajuste da tarifa foi mostrada em reportagem publicada no Diário de Canoas no último dia sete. No acesso à Estação Canoas, quando perguntados se acham justo o aumento, os usuários questionavam onde estão os 15 trens novos, comprados por R$ 244 milhões, há quase três anos. Outros criticavam a recorrência dos roubos de cabeamento, a falta de elevadores, escadas rolantes, além de seguranças nas plataformas e nas viagens (vendas irregulares, arrastões e mendicância). Há também os que reclamem também a superlotação em horário de pico e o calorão sem ar-condicionado nos trens mais velhos.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS