Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Beleza dos cachos

Toque afro nos cabelos da gurizada

Oficina de penteado trouxe diferentes possibilidades para cabelos afro e crespos
09/08/2018 08:55 09/08/2018 08:55


Paulo Pires/GES
Sonitia Françoise (ao centro) foi uma das ministrantes da oficina na escola Anísio Teixeira
Principalmente para as mulheres, o cabelo é um dos maiores símbolos da vaidade. Para as meninas que tem cabelos cacheados ou afro, algumas vezes podem se sentir fora dos padrões estéticos. Por isso, uma oficina de penteado afro mostrou a beleza destes cabelos. Na semana da família, na Escola Municipal de Educação Infantil Anísio Teixeira, a autoestima das pequenas estava em alta. A diretoria da escola, Lilyane Mandu destacou que todas as oficineiras foram voluntárias, que colocaram a criatividade na criação dos penteados. “É voltado para a comunidade e a maioria dos voluntários também tem filhos na escola”, comenta a diretora da escola no bairro Guajuviras, que conta com 260 alunos.

Justamente por ter enfrentado preconceito na escola que a vendedora Cristina Gricetti, de 24 anos, resolveu participar. “Tinha vergonha do meu cabelo crespo, alguns colegas debochavam”, relembra Cristina, que hoje valoriza os crespos. “Aceitei o meu cabelo como ele é e acho importante ajudar as crianças perderem a vergonha do cabelo e admirá-lo”, resume a vendedora que também é mãe de uma das crianças da Anísio Teixeira.

Experiência nas tranças

A professora aposentada, Maria Rejane Bica, estava acostumada a arrumar os cabelos das filhas, quando eram crianças. Toda esta prática em cabelos afros também foi adquirida em sala de aula, com as alunas. “Tinha uma aluna que chegava com o cabelo todo embaraçado e, com paciência, eu penteava. Percebia que ela se sentia mais bonita e hoje, depois de adulta, o cabelo dela é lindo”, conta Maria Rejane que ainda demonstra agilidade em trançar o cabelo das pequenas, que participaram da atividade na escola infantil.

Cuidado com o cabelo

A dona de casa Sonitia Françoisse, de 36 anos, também mostrou para as crianças várias possibilidades de penteados para cabelo afro. A haitiana está há quatro anos no Brasil e é mãe de uma menina de quatro anos, que frequenta a Anísio Teixeira. “Tem que ter muita calma e tratar com cuidado o cabelo. É preciso usar creme, pentear sem fazer força”, recomenda Sonitia que criava diferentes para penteados para cada menina que passava pela sua cadeira. A iniciativa ocorreu na Semana da Família da escola infantil, que ainda prevê uma oficina de reciclagem, partir das 9 horas, voltada para a comunidade do bairro Guajuviras.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS