Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Desastre natural

Sobe para 319 número de mortos no terremoto de domingo na Indonésia

Ilha de Lombok teve novo sismo nesta quinta-feira
09/08/2018 10:10 09/08/2018 10:12

  • Membros de uma equipe de busca e resgate carregam o corpo de uma vítima encontrada entre os escombros em Bangsal, ilha de Lombok, no norte do país
    Foto: Adek Berry/AFP
  • Pessoas tentam embarcar em navio para fugir das ilhas de Lombok
    Foto: Melissa Delport/@TruffleJournal/AFP
  • Busca por vítimas em escombros
    Foto: Adek Berry/AFP
  • Sismo provocou fissura em estrada
    Foto: Sonny Tumberlaka/AFP
O balanço de mortos do terremoto de magnitude 6,9 que no domingo (5) castigou a ilha indonésia de Lombok subiu para 319 - informou o governo da Indonésia nesta quinta-feira (9). "A última atualização indica que 319 pessoas morreram", declarou em entrevista coletiva o ministro indonésio da Segurança, Wiranto.

Um novo sismo, de magnitude 5,9, foi registrado hoje, anunciou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), quatro dias depois de um primeiro terremoto.

O sismo desta quinta aconteceu no norte da ilha, na mesma zona do terremoto de domingo passado. A agência indonésia de sismologia indicou, por sua vez, um fenômeno de magnitude 6,2. Desde o sismo de domingo, "houve 355 réplicas" de diferentes magnitudes, informou a Sutopo, acrescentando que a de hoje foi a mais potente.

O sismo provocou pânico entre os habitantes evacuados depois do terremoto de domingo, os quais se encontram precariamente alojados nas ruas. "Estávamos presos no trânsito, quando de cara sentimos o sismo. Foi como se nosso veículo tivesse sido batido por trás", disse Sri Laksmi. "As pessoas nas ruas entraram em pânico e saíram dos carros, correndo para todo o lado no meio do tráfego", acrescentou.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS